É possÁ­vel enxergar os satÉlites usando um telescópio?

7821

Avalie este artigo [starrater tpl=10]
Esta pergunta interessante foi enviada para a fanpage do GPS.Pezquiza.com atravÉs de mensagem privada.

O que o nosso amigo do facebook gostaria de saber É se É possÁ­vel visualizar um dos satÉlites que estão transmitindo o sinal das operadoras de tv por assinatura em órbita do Brasil.

A resposta É bastante simples, sim É possÁ­vel, mas realizar esta façanha usando um telescópio pode não ser uma tarefa muito fácil, pois os satÉlites não são os objetos com melhor luminosidade a orbitar a Terra, e os telescópios não são os instrumentos mais indicados para a visualização dos satÉlites.

O melhor horário para se visualizar os satÉlites e outros objetos em órbita É na hora exata ou atÉ duas horas após o sol se por, e tambÉm antes do nascer do sol. Nestes horários você será capaz de visualizar os objetos que orbitam a Terra atÉ mesmo a olho nÁº.

Estima-se que atualmente existam cerca de 8mil objetos em órbita, e desse total cerca de 400 possam ser visualizadas a olho nÁº.

O objeto enviado pelo homem ao espaço e que tem o brilho mais regular É a estação espacial russa Mir, com magnitude 0.

Os ônibus espaciais norte americanos são o que emitem um brilho mais intenso, com magnitude -2,5, tão brilhante quanto o planeta Jupiter, mas a regularidade da claridade deles em órbita É bem menor que o da Mir.

A maioria dos objetos vistos da Terra são a Áºltima etapa de foguetes de lançamento e estão soltos no espaço e girando, com isto o brilho deles fica variando, o que acaba chamando mais atenção.

Os objetos ativos, como os satÉlites e telescópios espaciais, como o Hubble, são mais visÁ­veis quanto o sol reflete na superfÁ­cie espelhada e lisa dos seus painÉis solares, emitindo um grande brilho.

No entanto É muito difÁ­cil se prever quando e para onde um painel solar vai refletir os rais do sol para a Terra por que a orientação exata destes painÉis em relação a um observador não É divulgada e muito menos fácil de se calcular.

Mas se você quer mesmo visualizar um satÉlite no cÉu, seja a olho nÁº, seja atravÉs de um instrumento de observação, o melhor É deixar os telescópios para procurar estrelas e usar um binóculo de boa potência.

Isto por que os telescópios são instrumentos mais difÁ­ceis de se montar e de se apontar, e achar estas janelas onde se poderá visualizar o brilho em um satÉlite pode se tornar uma experiência tediosa para quem não tem intimidade com um telescópio.

Para quem não conhece os telescópios, pode ser necessário atÉ 40 minutos atÉ que se consiga montar um telescópio e ajusta-lo para observação.

Se você usar um binóculo, não haverá tantos ajustes a se fazer e você poderá começar a procurar objetos no cÉu muito mais rápido e de forma mais prazerosa para um avistamento amador.

Em alguns paÁ­ses existem atÉ mesmo grupos de observadores especializados em objetos em órbita da Terra, É um hobby prazeroso tanto para quem gosta de observação quanto para quem gosta dos satÉlites, mais uma diversão que os satÉlites reservam para as pessoas aqui em solo.

Sites como o Visual Satellite Observer’s Home Page podem lhe dar uma boa ideia sobre este hobby, o Áºnico inconveniente É que ele É todo em inglês.

Confira no vÁ­deo abaixo as imagens de satÉlites Astra vistos atravÉs de um telescópio.


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here