20% da população de Rio Verde pode ficar sem TV Terrestre por ordem do Governo Federal

649

A novela do desligamento da tv analógica em Rio Verde está perto de chegar ao fim com um final infeliz para a população de mais baixa renda de Rio Verde-GO.

Ontem, 17 de novembro, o ministro das telecomunicações, André Figueiredo, admitiu que poderá – pareceu mais um deverá – autorizar o desligamento do sinal de tv analógica em Rio Verde mesmo que a exigência de que 93% da população tenha capacidade de captar o sinal de tv digital terrestre não seja cumprida.

O ministro das telecomunicações adiantou que no caso de Rio Verde esta exigência deverá ser de 80%, ou seja, mesmo que 20% da população da cidade não tenha equipamento capaz de captar o sinal da tv digital terrestre, o ministro deverá autorizar o desligamento do sinal da tv analógica.

A data marcada para o desligamento é dia 29 de novembro e a confirmação do desligamento deverá ser anunciada, segundo o ministro, somente no dia 25 de novembro quando o Ministério das Telecomunicações terá acesso a mais um relatório da pesquisa de aferição da penetração da tv digital terrestre em Rio Verde.

A pesquisa anterior na cidade goiana não foi nada animadora, somente 49% da população estava preparada para o sinal digital terrestre.

Mas o ministro se diz bastante otimista com o novo resultado da pesquisa de aferição na cidade, entre outras coisas, por conta da distribuição de receptores de tv digital terrestre para os cadastrados no Bolsa Família em Rio Verde.

A outra opção, caso o desligamento da tv analógica não seja autorizado em Rio Verde, será adiar o desligamento da tv analógica na cidade para o próximo ano.

E atenção população do Distrito Federal, em abril é a vez de vocês ficarem sem a tv analógica.