TV Box nos Atacadistas de Eletrônicos Chineses em Campinas/Goiânia

708

Por conta de algumas matérias em que falei sobre a venda do TV Box (comum/virgem) TX9 em lojas atacadistas de produtos chineses na região de Campinas (bairro de Goiânia-GO), volta e meia alguns leitores me questionam sobre a existência deste aparelho ou de qualquer outro TV Box à venda naquela região.

Estou fazendo esta matéria em especial para responder a dúvida do leitor Brunno que mora em Catalão/GO e gostaria de comprar o aparelho aqui em Goiânia. O Brunno me enviou e-mail questionando se eu não tinha o contato das atacadistas chinesas.

Na ocasião em que eu escrevi a matéria acima eu até peguei o contato da loja em que havia a venda dos TV Box TX9 à pedido também de alguns leitores, mas apesar de eu já nem saber onde está aquela informação de contato, posso afirmar para vocês que de nada adiantaria pois o dono anterior da loja a vendeu para um dos poucos atacadistas chineses na região, que aguentaram o baque de 2020. Ou seja, o contato já não é mais o mesmo.

Por coincidência eu fui hoje a Campinas buscar uma memória de computador no Camelôdromo 2, que comprei através do Mercado Livre. Dando uma olhada geral no panorama das lojas por lá, que antes tinham muita variedade e muita gente circulando pelo comércio, posso dizer para vocês que o cenário no momento continua pouco animador.

Quando os camelôdromos (shopping popular com “lojas/standes” feitas de divisórias) foram reabertos após alguns meses proibidos de abrire as portas, haviam filas de até meia hora de espera para conseguir entrar nesses locais pois a quantidade de pessoas dentro dos camelôdromos era limitada por decreto da prefeitura.

Hoje, cerca de dois meses depois, não há mais fila e muito menos muita gente querendo circular por lá. O motivo é simples, todo mundo já sabe que não se encontra mais uma grande variedade de produtos ou pelo menos não se encontram mais produtos que antes eram praticamente exclusivos da região dos camelódromos.

Os atacadistas chineses, no momento, são outro caso a parte, está ruim também de se frequentar. Antes essas lojas atacadistas chinesas viviam com grande circulação de clientes que podiam comprar produtos bem variados, tanto no varejo quanto no atacado. O atendimento, apesar de precário, seguia ainda algumas regras de boa convivência entre vendedores e clientes.

Hoje a coisa está bem mais complicada. As lojas atacadistas de eletrônicos que ainda restaram, quando você chega na porta, já haviam que a compra mínima é de R$ 400 (quatrocentos reais), mas tem loja que quer vender no mínimo R$ 500 (quinhentos). Já por aí você entende que quem quer comprar no varejo está descartado.

Para quem topa comprar os tais R$ 400 e não vai comercializar os produtos, a coisa é complicada. O que você vai encontar por lá é a perfeita descrição do XingLing. Lanterninhas, fones de ouvido de baixa qualidade, cabos de celular, capa de celular, pilhas, caixas de som de baixa qualidade e réplicas, uma ou outra bugiganga no melhor estilo Paraguai dos velhos tempos.

TV Box?! Seja de que modelo for, nenhuma das atacadistas os tem à venda e muito menos tem previsão de chegada.

E por que eu não peço o contato das lojas? É simples, se antes com o comércio “normal” o atendimento desses atacadistas já não era lá essas coisas e eles só gostavam de passar o contato para clientes que eram compradores habituais com eles, agora com toda a exigência de compra mínima, mal humor por baixas vendas e produtos porcaria é que ficou difícil mesmo o diálogo com eles. Como eu não tenho o menor interesse em comercializar nada da região, eu já nem beiro o pessoal de lá para pedir contato e nem nada porque sei como eles são ruins de conversa.

No entanto eu ensinei, na primeira leva em que falei sobre as lojas Campinas aqui no GPS.Pezquiza.com, uma forma em que pode ser possível você conseguir alguns contatos de lá, com a ajuda do Google Maps. Em 2019 algumas pessoas até conseguiram de algumas lojas que as interessavam, inclusive de quiosques de alguns camelódromos.

É bem simples, como no Google Maps há a opção do Street View, que é aquele bonequinho que você arrasta para cima do mapa e ele permite que você navegue pelas ruas da região “mergulhando” nas fotos 360 graus publicadas pelo próprio Google, em muitas dessas fotos você vai conseguir ver nome de lojas, quiosques e até mesmo telefone de lojas que irão lhe interessar.

Aí é tentar a sorte, se tem o telefone você liga, se não tem o telefone você tenta pesquisar no Google ou até mesmo no Google Maps pelo nome da loja ou quiosque do camelódromo que em muitos casos vai sim ser informado o número de contato do local. Pronto, você vai poder conversar com algumas lojas ou quiosques e até mesmo pedir indicação para esse pessoal dos quiosques que volta e meia sabem onde pode ter o produto que você se interessa.

Quem sabe alguém de lá, que tem mais propriedade de conhecimento até mesmo em relação a revendedores atacadistas que atuam sem loja física, não pode te passar as informações valiosas que você procura?

Vale a pena tentar a sorte, não é mesmo?

Você pode começar pesquisando sobre os seguintes locais no Google Maps:

– Camelódromo de Campinas

– Camelódromo Ok

– Camelódromo de Campinas 2.

Valeu e continue conosco.

Entra pro nosso canal no Telegram clicando aqui, clica agora aí vai!

.