PaÁ­ses do Oriente MÉdio contra a Pirataria da TV por Assinatura… Canais e servidores apreendidos são declarados como defuntos

1093

Aqui na AmÉrica do Sul a luta contra a pirataria da tv por assinatura fica naquela coisa de apreende receptor, fecha servidor, ameaça usuário e o negócio nunca acaba não É mesmo?

Pois esta semana a Broadcast Satellite Anti-Piracy Coalition, Coalisão Anti Pirataria das Transmissões via SatÉlite, formada por empresas atuantes nos paÁ­ses do Oriente MÉdio, publicou os primeiros resultados de sua atuação em uma das regiões mais conturbadas do mundo.

Fazem parte da Coalisão Anti Pirataria as empresas Arabsat, ART, du, Egyptian Chamber of Cinema, Eutelsat, IAA, JMC, MBC Group, Motion Picture Association of America (MPA), Nilesat, Noorsat, OSN, Rotana, STN, Viewsat e WWE.

Vale destacar que o mercado de tv por assinatura nos paÁ­ses do oriente mÉdio É considerado novo, tenho muito a se desenvolver ainda.

Para começar, a Coalisão fechou 15 emissoras de tv piratas, Al-Mamnou, Ahl Masar, CDC Cinema, CRT Cinema, Homos TV, I-Movies, Hollywood Stars, Kit Kat, Majestic 2, Mega Cinema, Nessma Al Khadra, QTV, Scope TV Movies, Time Movies e Top Movie, acusadas de violação de 700 conteÁºdos protegidos por direitos autorais. No comunicado sobre o fechamento as emissoras foram declaradas como defuntas.

[wp_ad_camp_2]
 

É moleza não, pensa aÁ­ se alguÉm do mercado de tv pirata daqui quer ir trabalhar neste mercado tão inexplorado.

A coalisão estima que ainda há mais de 300 canais piratas sendo transmitidos via satÉlite na região do Oriente MÉdio e os canais que estão sendo fechados são denunciados pelos próprios usuários destes canais que são orientados a denunciar qualquer tipo de violação de direitos autorais que eles identifiquem, e podem acreditar, eles denunciam.

Aquele blá blá blá todo que estamos acostumados aqui na AmÉrica Latina sobre a pirataria da tv por assinatura tambÉm É divulgado exaustivamente lá no Oriente MÉdio. AlÉm das transmissões de canais piratas, ainda há o combate ao SKS e IKS na região.

Cerca de 75% das transmissões de tv paga no Oriente MÉdio são feitas via satÉlite, os outros 25% ficam por conta do IPTV, outra grande fonte de pirataria de conteÁºdo.

Quando se fala em tv aberta, a tv via satÉlite está em 90% dos lares da região, o que dificulta o combate Á  tv pirata, pois É muito mais difÁ­cil identificar onde estão os usuários de tv aberta e os de tv pirata.

O paÁ­s considerado mais problemático entre todos os da região É a ArgÉlia, já no continente africano, só para se ter uma idÉia, estima-se que o canal mais desejado e pirateado na ArgÉlia É o Bein Sports, antigo Al Jazeera Sports, que está em três receptores piratas para cada receptor oficial de uma operadora de tv por assinatura.


oriente-medio-contra-pirataria-da-tv-paga

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here