IPTV s sendo fechados… Xiiiii

743

Sobre IPTV e receptores de satélite à venda no Paraguai e novidades desse mercado na reabertura da Ponte da Amizade, ontem publiquei matéria aqui no GPS.Pezquiza.com, vai lá na página principal do site e dá uma olhada. Como sempre acontece, a matéria fez bastante sucesso e gerou alguns e-mails falando sobre o assunto e, claro, pedindo comentário sobre notícias de fechamento de serviços IPTV alternativos.

Sim, antes a sigla IPTV era automaticamente associada à pirataria, mas agora que a turma da tv fechada oficial precisou usar a tecnologia IPTV para conseguir vender seus produtos, há que se fazer a separação correta sobre o que estamos falando. Há IPTV “alternativo” (como os usuários deste mercado gostam que seja chamado… mas o certo é pirataria mesmo, tem como fugir da verdade não) e há os IPTVs oficiais.

Obviamente se há fechamento de serviços IPTV por meio de associações de canais e outras instituições afins, o que se fechou foram serviços piratas.

Eu não tenho trazido essas notícias aqui pois sempre gera muita polêmica, muitos gostam mas muitos mais ainda se desagradam e acaba gerando um desgaste desnecessário. Outra coisa, se eu fosse trazer aqui tudo o que as associações de combate à pirataria tem dito nos últimos tempos que tem fechado de serviço IPTV, provavelmente já feriamos falado sobre o fechamento de praticamente 100% dos servidores IPTV do mundo ocidental, isso mesmo, os servidores aqui do ocidente pois lá naquele país que está dominando o mundo ninguém mexe e nem pensa em mexer.

Mas acontece que, quanto mais dizem fechar, menos eu tenho notícias de usuários dos IPTV alternativos reclamando que o serviço específico que eles contratavam deixou de funcionar. As reclamações que me chegam de vez em quando é falando sobre algum aparelho de tv via satélite alternativo cujo serviço parou, mas os via internet, não.

A notícia de ontem é de fechamento de serviços na América do Norte, algumas plataformas, que, diz a justiça americana do estado do Texas, são das maiores em operação na América do Norte, atendendo usuários do México, Canadá e Estados Unidos e, quem sabe, de diversos outros países do mundo.

As plataformas citadas pela justiça americana como fechadas, com perda de domínio (endereço da internet dos sites) e pagando uma multa total de 16,8 milhões de dólares, foram a Free TV All e a East IPTV. A justiça americana diz que a East IPTV também é fornecedora de canais pirateados para muitos outros servidores IPTV ao redor do mundo, inclusive de canais brasileiros.

No caso da East IPTV o domínio foi perdido em favor da operadora de tv por assinatura Dish Network, além do pagamento de multa de 2,6 milhões de dólares. Serviços de hospedagem dos sites destes servidores IPTV também foram demandados e também terão que pagar indenização às empreas lesionadas.

As empresas do mercado de tv por assinatura, nesse caso, representadas por uma entidade chamada IBCAP, comemoram o sucesso da entidade de ter conseguido fazer 20 ações do tipo nos últimos 5 anos.

Vamos agora falar a real sobre esse sucesso. As empresas oficias do mercado de tv paga reclamam um prejuízo anual bilionário por conta da pirataria da tv paga e também do crescimento acelerado de usuários dos sistemas que permitem a prática ilegal. Por outro lado comemoram a lentidão com que conseguem combater um servidor IPTV aqui, outro alí e o retorno em forma de multa de uma porcentagem ínfima do valor que declaram ter como prejuízo.

Alguma coisa errada não está certa, ou elas não acham que o prejuízo bilionário é motivo suficiente para botar quente nas ações de combate ao IPTV alternativo; ou nem elas confiam que o prejuízo é isso tudo que elas falam; ou o foco do problema está mesmo em um lugar onde elas não podem ir combater e aí ficam chovendo no molhado com essas alegrias pequenas, na tentativa de botar medo em algumas das pessoas que pensam em entrar nesse mercado de IPTV alternativo, seja como usuário ou até mesmo como pequeno servidor ou revendedor do serviço.

A verdade é que esses alternativos continuam aí, tão disponíveis e tão fortes quanto sempre estiveram e as ações de combate, como sempre fizeram, continuam a enxugar gelo.