“IPTV pirata beneficia a Amazon” afirma denunciado por pirataria

1039

Em abril passado um portal de internet, chamado Nitro TV ou Nitro IPTV, foi denunciado pelas práticas contra os direitos autorais que vinha cometendo. Na queixa apresentada contra este portal, foi relatado que ele permitia assistir, com acesso via streaming de internet, mais de 6.000 canais em troca do pagamento de uma taxa bastante reduzida.

Os serviços da Nitro TV podiam ser configurados para uso com aplicativos IPTV para Smart TVs ou aplicativos IPTV para PC, smartphones e outros dispositivos conectados.

Em maio a Nitro TV decidiu encerrar seus serviços como precaução até que seus problemas fossem resolvidos. Até aí o encaminhamento do processo parecia bastante igual a qualquer um dos outros processos do mesmo tipo, já conduzidos pela justiça americana.
No entanto, a pessoa responsável por responder à justiça resolveu soltar, em depoimento juramentado, a seguinte frase de ataque a uma das gigantes das vendas online e que também vende dispositivos de reprodução de mídia que levam a sua marca: ”A Amazon se beneficia das vendas piratas de IPTV”.

E pasmem, a declaração deixou não somente a Amazon numa saia justa, como também deixou o denunciante na mesma situação.
A denúncia contra o Nitro TV partiu da ACE (Aliança para Criatividade e Entretenimento), uma coalizão formada por mais de 30 empresas de países diferentes, ligadas à produção televisiva ou audiovisual, que tem entre seus membros mais ativos e destacados, vejam só, a Amazon.

lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo
lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo

As outros empresas que compõem a coalização são: AMC Networks, BBC Worldwide, Bell Canada e Bell Media, Canal + Group, CBS Corporation, Constantin Film, Foxtel, Grupo Globo, HBO, Hulu, Lionsgate, Metro-Goldwyn-Mayer (MGM), Millennium Media, NBCUniversal, Netflix, Paramount Pictures, SF Studios, Sky, Sony Pictures Entretenimento, Star India, Studio Babelsberg, STX Entertainment, Telemundo, Televisa, Twentieth Century Fox, Univision Communications Inc., Village Roadshow, The Walt Disney Company e Warner Bros. Entertainment Inc.

O denunciado, Alejandro Galindo, supostamente responsável pelo portal e outras 20 pessoas, na Califórnia, seguem seu curso legal com esta estratégia de ataque. O portal Nitro TV, com mais de 6.000 canais, foi objeto dessa reclamação por oferecer filmes ou séries de estréia como The Office, Homem-Aranha: De Volta ao Lar, Toy Story 3, Star Trek Beyond, Homecoming e Joker.

Para você ter uma idéia de sua magnitude, apenas um de seus revendedores ativou 45.000 usuários nos últimos 12 meses, cobrando uma taxa mensal de cerca de 20 dólares ou 20 euros.

Agora, Alejandro Galindo respondeu a essa ação afirmando que todas as alegações feitas pela ACE contra ele, são falsas. Além disso, ele não hesita em apontar que a Amazon permite a venda de pacotes IPTV piratas, pelo menos nos Estados Unidos. “Existem centenas, senão milhares, de fornecedores de IPTV no site da Amazon. Em outras palavras, a Amazon se beneficia das supostas irregularidades e as conhece há muito tempo.”

Bastou esse ponto de atenção levantado por Alejandro em seu depoimento para que logo os envolvidos no assunto, lá nos Estados Unidos, atentassem que não somente na plataforma da Amazon é possível encontrar estas ofertas de tv que não deveriam ser ofertadas. Vejam só, descobriram que é bastante comum encontrar ofertas de acesso ao IPTV pirata no AliExpress, eBay e similares, dando a sensação de que estas plataformas não estão fazendo o suficiente para evitar esse tipo de atividade.

Não se sabe ainda qual o resultado do processo contra a Nitro TV, muito menos qual será a ação das plataformas venda online citadas e suas similares.

Seja como for, a oferta de IPTV pirata online já demonstrou que tem grande capacidade de se adaptar ao longo dos anos, mesmo após o fechamento de seus meios habituais de divulgação.

Entra pro nosso canal no Telegram clicando aqui, clica agora aí vai!

.