IPTV Duosat é diferente do IPTV das operadoras de tv por assinatura?

3547

E o IPTV da Duosat como funciona?

Recebemos no e-mail do GPS.Pezquiza.com hoje vários questionamentos sobre o IPTV da Duosat e até links de diversas reportagens falando sobre o IPTV das operadoras de tv por assinatura.

Seria o IPTV da Duosat o mesmo tipo de IPTV que é usado por algumas operadoras de tv por assinatura? Estamos inclinados a responder que não, ou pelo menos que não é a mesma transmissão que é recebida das operadoras de tv por asssinatura o IPTV que a Duosat está repassando para os seus clientes, mas a idéia deve ser a mesma.

Vamos explicar não da maneira que nos explicaram, por que na verdade já enviamos mensagens questionando sobre o sistema e até agora não obtivemos resposta nenhuma, mas vamos explicar da maneira como nós do GPS.Pezquiza.com entendemos que deve ser mais produtivo para a marca Duosat transmitir os canais por IPTV.

lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo
lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo

Como é o IPTV das operadoras de tv por assinatura?

O IPTV das tvs por assinatura é na realidade o mesmo tipo de transmissão digital que elas fazem por satélite ou por cabo, o que muda é sómente o meio de transmissão.

Como todos sabem os canais são transmitidos digitalmente via satélite ou cabo, ou seja, a imagem dos canais na verdade é um arquivo que vai sendo enviado da operadora para o receptor de satélite ou cabo e este arquivo é decodificado pelo receptor. O arquivo vem compactado no formato MPEG4 e criptografado de acordo com a segurança usada por cada operadora de tv por assinatura.

Com o IPTV das operadoras este arquivo passa a trafegar pela internet, ou seja, é outro meio que não o satélite ou o cabo, mas contém as mesmas informações do arquivo que trafega via satélite ou via cabo, e é decodificado no setopbox de IPTV da operadora que está na casa do cliente.

Por que o GPS.Pezquiza.com acredita que o IPTV da Duosat não é o mesmo?

O GPS.Pezquiza.com acredita que o IPTV da Duosat não é mesmo por que seria muito improdutivo para a operadora retransmitir este arquivo de dados do IPTV das operadoras para os receptores dos clientes da Duosat.

O problema é que a Duosat teria que continuar a descriptografar estes arquivos recebidos da operadora por IPTV para depois enviar o arquivo aberto para os seus usuários dos receptores Duosat, ou seja, o mesmo problema de ter que achar abrir chaves de criptografias diferentes e ficar na guerra de gato e rato com as operadoras para ver quem dá conta de fechar e quem dá conta de abrir os canais iria continuar.

Quando se coloca a capacidade de receber canais via IPTV nos receptores, como é o caso que a Duosat fez, a brincadeira fica diferente, deixasse de lado a necessidade de quebrar a criptografia dos canais capturando a imagem destes canais via receptor ou outro meio que a Duosat tenha, e depois transforma-se essa imagem novamente em IPTV mas agora sem criptografia ou com uma criptografia própria usada pela Duosat que possa ser aberta somente pelos seus próprios receptores para que as outras marcas não possam se aproveitar de seus servidores de IPTV.

Com isto, como dissemos no artigo IPTV da Duosat joga problema da pirataria no colo dos canais de tv, não é possível culpar nenhuma operadora de tv por assinatura pela fragilidade dos canais de tv fechados pois a fabricante pode pegar a imagem do canal a partir do sinal de qualquer operadora.
iptv duosat