Vivo TV quer investir forte em IPTV

727

O grupo Telefônica/Vivo está bastante desanimado com a situação de sua tv por assinatura via satélite, além de estar sendo obrigada a abandonar de vez o MMDS no próximo mês de maio.

A operadora, que tem clientes de MMDS em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba contabilizará uma perda de 62 mil clientes de tv por assinatura da tecnologia que é atualmente mais de 10% do total de clientes de tv paga que a Vivo TV tem.

O abandono total da transmissão via MMDS faz parte do contrato de compra da faixas de transmissão para a internet 4G adquiridas em leilão do governo federal pela Telefônica/Vivo.

Não fosse o bastante a perda de clientes de tv MMDS pela Vivo TV, a operadora vem enfrentando uma brusca queda na base de clientes da tv via satélite, superior a 10% ao ano enquanto o mercado cresce na faixa de 20% ao ano.

    COLOQUE seu nome e e-mail abaixo para receber nossas notícias. +100 MIL PESSOAS já cadastradas!!!
    CHEQUE AGORA SUA CAIXA DE ENTRADA para ativar a inscrição no e-mail de confirmação que foi enviado para você

E é justamente o foco na internet que está sendo o principal alvo de investimentos da Telefônica/Vivo.

Além do 4G a operadora investe forte em sua rede de fibra ótica, o que lhe permite oferecer serviços convergentes, incluindo a IPTV.

Se a tendencia de queda da tv via satélite continuar e os serviços convergentes, internet mais telefone mais IPTV obtiverem o sucesso que a operadora está visualizando, a Vivo TV pode até mesmo abandonar as transmissões via satélite.

A Vivo TV é no momento uma das operadoras que tem o seu sinal atacado pela pirataria da tv via satélite no Brasil, a mudança para IPTV no entanto pode não surtir efeito para fechar o sinal dos pacotes de canais oferecidos pela operadora, o motivo é que os fabricantes de receptores de tv pirata estão investindo forte também no tecnologia IPTV e devem estar preparadas para esta mudança quando o IPTV for adotado de vez pelas operadoras.

Receptor Vivo TV Fibra
Receptor Vivo TV Fibra