TV por Assinatura ficará mais cara em três estados brasileiros

869

As secretárias de fazenda estaduais estão de olho na arrecadação do mercado de tv por assinatura brasileiro para aumentar a sua própria arrecadação, e isto pode ser mais um tiro certeiro contra as operadoras de tv por assinatura que operam no Brasil e estão vendo o nÁºmero de assinantes reduzir a passos largos durante 2015.

Houve uma reunião do conselho que reune as Secretarias de Fazenda estaduais, o Confaz, e a maioria dos estados concordaram em não levar adiante a idÉia de aumentar progressivamente a alÁ­quota de ICMS cobrado na fatura dos assinantes de tv por assinatura, que atualmente É de 10%.

Progressivamente os estados querem que este ICMS chegue a atÉ 25%… Upa lê lê…

Distrito Federal, Mato Grosso e Rio Grande do Sul no entanto não concordaram em aguardar e já vão subir a atual alÁ­quota de 10% para 15%, um aumento salgado na mensalidade dos assinantes de tv paga nestes estados.

Acho que esqueceram de contar para estes estados que o valor da mensalidade da tv paga já não está agradando muita gente e que a Época agora É de ajustes fiscais para conseguir pagar as contas nas fazendas estaduais.

O povo não consegue mais com tantos impostos, e a tv por assinatura tem um agravante para lhe tirar ainda mais assinantes quando esta nova alÁ­quota de 15% for apresentada no DF, MT e RS, a alternativa da pirataria que muita gente aceita como legÁ­tima.

Ora, Mato Grosso e Rio Grande do Sul são grudados no Paraguai, será que este aumento de 5% pretendido pelos estados não vai É ocasionar uma perda maior de arrecadação em cima das tvs por assinatura nesses estados?