TV DIGITAL TERRESTRE SERÁ POR INTERNET 5G NA ALEMANHA

3164

O Instituto de Tecnologia e Radiodifusão da Alemanha (IRT) está trabalhando na padronização da emissão em grande escala de sinais de emissoras de televisão atravÉs da rede de dados 5G.

O necessidade surgiu pela briga crescente que existe pelas frequências de radio difusão terrestres entre as emissoras de televisão e as operadoras de internet móvel o que tem culminado em interferências de sinal para ambas as partes.

Na Alemanha o 4G já ocupa a banda dos 800 MHz e os 700 MHz já estão compromissados com o 5G. Resta pouco para a TV Digital Terrestre e há muitas emissoras para emitirem a sua programação e a simples multiplexação do sinal não está se mostrando tão efetiva quanto se supunha ser.

Os alemães enxergaram no 5G a solução para este problema que parecia antes da proposta ser muito mais complexo, as provas com internet 5G feitas no continente europeu já demonstraram que a velocidade de navegação na rede 5G será atÉ 10 vezes mais rápida que a maior velocidade oferecida atualmente com a internet via fibra com a vantagem de haver uma latência de apenas 4ms.

Latência É o tempo que leva entre a requisição de uma informação atÉ esta informação ser mostrada a quem requisitou, em transmissão de tv por internet pode-se traduzir isto como delay que se tornará muito baixo ao usar o 5G para a emissão de tv digital terrestre.

Mesmo com toda a lógica mostrando que há uma grande vantagem no uso da rede 5G para o tráfego das emissoras de televisão que atualmente ocupam frequências terrestres, ainda É grande a discussão sobre a eliminação total das emissões de TV Digital Terrestre do modo convencional e a liberação destas frequências usadas pela televisão para o uso da rede 5G.

Ao optar pelo uso do 5G para a TV Digital Terrestre automaticamente todos os aparelhos móveis 5G e conectados Á  internet passariam a ser compatÁ­veis com a tv digital terrestre, smartphones, celulares e outros dispositivos, bem como rapidamente seriam disponibilizados dongles 5G que tornariam outros dispositivos compatÁ­veis.

O 5G conta com um modo chamado FeMBMS (Further evolved Multimedia Broadcast Multicast Service, Serviço de Emissão Multimidia Multicast mais desenvolvido) o qual será a base para as provas que serão realizadas no Oberland bíaro.

As Telefonica Alemanha, a tv pÁºblica da Baviera Bayerischer Rundfunk, as empresas Kathrein e a Rohde & Schwarz irão participar desta primeira prova pÁºblica a ser realizar ainda nesta ano de 2018.

O Instituto de Tecnologia e Radiodifusão da Alemanha tem trabalhado com outras emissoras como a EBU, BBC, RAI e SWR e outras empresas da indÁºstria de radiodifusão para definir os requisitos do 5G e facilitar a padronização para o sinal da televisão trafegando atravÉs dele. O resultado deste trabalho será disponibilizar o padrão para poder realizar as provas reais e possibilidade de evoluir ainda mais este padrão.

A duração deste projeto está definida para 28 meses e os sinais da Bayerischer Rundfunk foram usados para um teste de longa distÁ¢ncia em Wendelstein e tambÉm para um teste de curta distÁ¢ncia na região metropolitana de Munich.

Para o final de 2018 está previsto as primeiras provas de emissão da TV Digital Terrestre atravÉs da rede 5G.

O que se tem entendido atÉ o momento É que as possibilidades de carregar a televisão atravÉs do 5G, com os atuais padrões de necessidade das emissoras de televisão, são praticamente infinitas, isto significa que usando o 5G a qualidade de imagem que se consegue em relação Á  produzida originalmente pelos estÁºdios das emissoras de televisão É praticamente sem perda nenhuma, enquanto na tv digital terrestre convencional tem que haver tanto a diminuição da resolução original como tambÉm tem que haver uma maior compressão na imagem enviada ao telespectador.

A vantagem para o 5G É tão grande que ele permite atÉ mesmo que se assista canais 4K sem a necessidade de compressão da imagem.

O grupo de estudos tambÉm destaca que estas mesmas vantagens podem ser levadas para a internet fixa via fibra.