Sky e Oi não querem mais transmitir TV aberta… Anatel deve aprovar

1183

Segundo informações do site R7, as operadoras de tv por assinatura via satÉlite SKY e Oi TV pediram a Anatel a dispensa de transmitir o sinal das tvs abertas.

Isto por que, por atuarem em todo o território nacional, SKY e Oi TV se viram obrigadas por força da lei 12.485/11 a carregar o sinal de todas as geradoras de tv das regiões onde ela atua.

A conta desta obrigação É impossÁ­vel de se carregar nos satÉlites utilizados por estas operadoras, aliás, seria necessário uma frota de satÉlites para dar conta do recado, são 514 canais no total.

No total a Anatel já recebeu 51 pedidos de operadoras de tv em todo o Brasil pedindo dispensa de transmitir o sinal das geradoras de tv.

A Anatel deve ser reunir na primeira semana de fevereiro para discutir o assunto mas será por mera formalidade já que É certo que o pedido das duas operadoras será aprovado pela Anatel.

Esta dispensa, no entanto, está longe de resolver o problema das operadoras, muito pelo contrário.

Ao pedir a dispensa de transmissão destas 514 geradoras de tv, SKY e Oi TV se verão obrigadas a deixar de transmitir tambÉm grandes emissoras de tv aberta como a Globo, SBT, Band e Record.

Para a Sky isto será um tiro no pÉ, já que o grande trunfo da operadora de tv via satÉlite É transmitir uma grande parcela das afiliadas da Globo em todo o paÁ­s, a Anatel calcula que atualmente cerca de 60% da audiência das tvs por assinatura É de canais da tv aberta.

Para contornar este problema, SKY e Oi TV e qualquer outra operadora que conseguir a dispensa terão que entrar com um pedido de obrigatoriedade de transmissão dos 14 canais obrigatórios da tv aberta em todo o Brasil.

São eles, Globo, SBT, Record, Band, Rede TV!, CNT, MTV, Mix, Record News, TV Canção Nova, Rede Vida, TV Aparecida, RIT e Rede Brasil.

Novamente ao conseguirem essa obrigatoriedade as operadoras se verão num novo entrave.

Segundo a lei se uma operadora oferece o sinal regional de qualquer uma das 14 redes obrigatórias ela se vê obrigada a oferecer tambÉm o sinal regional de todas as outras redes.

Onde É que vai parar tudo isto só o tempo dirá.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here