SKY DEVE COMPRAR OI TV AINDA EM 2019, MAS CLARO QUER MELAR O NEGÁ“CIO

2260

A AT&T, os americanos donos da Sky Brasil, que no inÁ­cio de 2018 estavam cogitando vender a operadora brasileira, desanimados com a situação polÁ­tica e econômica que o paÁ­s vivia na Época. As eleições 2018 passaram e em tese o paÁ­s elegeu uma leva de polÁ­ticos menos estatistas, comprometidos com a desburocratização do mercado brasileiro. Não basta o presidente ter a intenção, como É o caso que está ocorrendo agora em relação Á  Sky Brasil que quer injetar dinheiro no mercado brasileiro mas a politicagem não está deixando.

O Brasil tem suas agências inspiradas em regimes comunistas e já vinha, atravÉs dessas agências, colocando o pÉ sobre a negociação da Sky, só pelo gosto de interferir o máximo possÁ­vel nas atividades econômicas no paÁ­s e atrapalhar que o próprio mercado de tv por assinatura se organize e acomode atravÉs da concorrência de ofertas e competência entre as empresas atuantes.

Entrou Bolsonaro, estreitou relações com o presidente americano Donald Trump, entre as atÉ agora promessas de acordos econômicos e investimentos americanos no paÁ­s, o que mais tem se destacado no momento É o pedido do presidente americano que o Brasil largue mão de vez do socialismo e libere a fusão AT&T e Time Warner no paÁ­s, que fere regras imbecis editadas nas Áºltimas gestões presidenciais, aquela que deu uma briguinha entre a eleita oficial e o vice, puxada de tapete, essa coisa toda que já mostra a Á­ndole de quem fazia de tudo pra atrapalhar a liberdade e o crescimento econômico no Brasil.

Agora que mudou o governo e a burocracia no setor da tv paga parecia estar chegando ao fim, ou pelo menos amainando muito, eis que a próxima etapa É implorar para o Congresso Nacional aprove uma maior liberdade para o mercado de tv paga no Brasil, ou seja, saiu da mão de um burocrata pra cair na mão dezenas de outros que de tv só entendem de apertar os botões do controle remoto, mas querem mostrar quem É que entende.

A coisa já estava quase liberada (e não tem motivo pra não ser a não ser a Á¢nsia estatista dos legisladores brasileiros) quando resolveram dar uma paradinha para fazer uma audiência pÁºblica. Os congressistas querem saber se o povo deseja que a Ancine continue vomitando dinheiro pÁºblico no bolso de produções esquerdistas que não tem audiência pois não se esforçam em produzir nada que vale a pena ser assistido (com rarÁ­ssimas excessões).

Na audiência, em que participaram de “representantes do povo” a representantes de operadoras de tv, o Áºnico que pediu para falar em nome de uma operadora de tv, cujo controlador É do MÉxico (aquele paÁ­s que É amicÁ­ssimo de Maduro, Lula, Cristina, entre outros do tipo), fez drama se dizendo preocupado com a produção nacional e algum desemprego que pode ser que ocorra se tirar a mamadeira da boquinha de alguns mimadinhos do mercado, uma turminha aÁ­ que levou vaia e água gelada na cara quando tentou lacrar no Festival de Gramado.

Os mexicanos se dizem preocupados com o emprego dessa galerinha, mas não falaram nada sobre a preocupação de a Sky anexar a Oi TV e encostar na operação que eles tem aqui no Brasil. Não, não, com ter uma concorrência mais forte pressionando os mexicanos não estão preocupados.

Ou seria a raiva do muro da fronteira que colocou esses mexicanos contra a desburocratização do mercado de tv paga no Brasil??? É só uma pergunta.

O que ninguÉm ainda falou É que tem outras grandes do mercado de produção de conteÁºdo no Brasil se borrando com o fato de a americana estar colocando dinheiro na mesa, tanto para a comprar a operadora Oi, suas operações e parcerias, quanto para investir em conteÁºdos premium que são dominados por uns e outros manipuladores que dominam a tv a dÉcadas no paÁ­s.

A grana vem, a AT&T já liberou a chave do cofre, diz que ainda em 2019 ela compra e paga a Oi TV, e se a mexicana amarelar e quiser se vender… Basta que caiam as regras que limitam os investimentos cruzados entre operadoras e produtoras de conteÁºdo no paÁ­s.

Caindo a regra, passando uma AT&T, vai passar muita gente graÁºda depois dela, como eu já venho dizendo há muitos meses, tem muita grana querendo investir no mercado de tv brasileiro, mas o governo estatista não deixa, e quando eu digo governo não está limitado Á  presidência da repÁºblica, que sozinha não pode fazer nada, governo engloba todas as instituições que tem poder de interferir na gestão do paÁ­s, incluÁ­ndo o mal formado Congresso Nacional.

Não estou dizendo que não venham mais manipuladores, não estou dizendo que será tudo um conto de fadas, mas já está passando da hora de acrescentar uns tubarões nesse tanque e deixar que eles mostrem uns aos outros quem É que manda.

Por fim, as estratÉgias de sobrevivência das operadoras de tv paga no Brasil, pelo menos das que tem algum juÁ­zo, passam pelas mudanças nas leis que limitam o mercado de tv paga no Brasil.

Mas pelo jeito tem muito burocrata ainda no Brasil que quer ficar com discursinho besta e impedir que entrem investimentos no paÁ­s.

Entra pro nosso canal no Telegram clicando aqui, clica agora aÁ­ vai!

.