POLÊMICA: NETFLIX MUDA ORDEM DE EPISÓDIOS QUANDO QUEM ASSISTE É GAY

699

E a Netflix se meteu em uma polêmica daquelas depois que um dos seus assinantes, declaradamente homossexual, fez uma postagem indignada no Twitter, denunciando que a ordem dos episódios da série Love Death & Robots era mostrada diferente para ele que para um amigo heterossexual, por conta de ele ser gay. Veja o que o rapaz postou em sua conta no Twitter:

@LukasThoms
 Apenas descobri a coisa mais INSANA. A ORDEM DOS EPISÓDIOS para a nova série da Netflix, Love Death & Robots, muda com base no fato de a Netflix achar que você é gay ou hetero.

A confusão se desenrolou pelo fato de, objetivamente, a Netflix não ter a informação de preferência sexual de todos os seus usuários, no entanto, assim como a plataforma organizou os episódios de Love, Death e Robots para o LulasThoms, ela também reorganizou para milhares de outros assinantes cujo sistema de inteligência artificial da plataforma analisou como sendo gays.

O que a Netflix está fazendo é o seguinte, para quem é considerado heterossexual pela plataforma, a sequência de episódios de Love, Death and Robots, prioriza os episódios com temática heterossexual. Já para quem é analisado como homossexual pela plataforma, a ordem dos episódios muda, priorizando aqueles que tem temática homossexual.

Como Love, Death and Robots é uma antologia, a ordem à qual os episódios são mostrados não influencia no entendimento da série, mas mesmo assim a polêmica não para de crescer, tanto pelo fato de muitos usuários heterossexuais terem se sentido ofendidos após terem notado que a ordem em que viam Love, Death and Robots era destinada aos assinantes gays; quanto pelos assinantes gays da plataforma que viram na diferenciação de ordem dos episódios, feita pela Netflix, uma forma de discriminação.

Mas o que realmente motivou a Netflix a implementar a tal organização de episódios por preferência sexual?

A Netflix sempre está executando testes na plataforma, no intuito de descobrir o que pode levar os seus assinantes a consumir mais conteúdo e até mesmo a aceitarem pagar mais pela assinatura da Netflix.

No caso da mudança da sequência de episódios em Love, Death and Robots, o intuito é que os episódios sejam melhor aceitos pelo público com preferências sexuais distintas, levando aqueles que a plataforma detecta como gays ou simpatizantes a se sentirem mais acolhidos pela inserção de conteúdo com esta temática na Netflix, mas também limitando a quantidade deste conteúdo para os assinantes que os refutam na plataforma.

Desta maneira a percepção de cada público, com suas distintas preferências sexuais, é diferente ao usar a Netflix, e cada qual, à sua maneira, entende que a Netflix respeita a sua preferência sexual.

Se a Netflix continuará a diferenciar a mostra de seu catálogo de acordo com a preferência sexual de cada um de seus assinantes, ainda não se sabe, mas que desta vez a polêmica foi grande, isso foi.

SIM, NÓS TEMOS TELEGRAM E SE VOCÊ TEM TAMBÉM CLICA LOGO NO LINK AÍ E CONHECE O NOSSO: https://t.me/gpspezquizaoficial