PEÇO DESCULPAS POR UM DIA TER INDICADO O CANAL TERÇA LIVRE

927

Esta matéria qui realmente é um pedido de desculpas por eu ter um dia indicado o canal Terça Livre para os leitores do GPS.Pezquiza.com.

Estou fazendo este pedido de desculpas pois o canal Terça Livre resolveu agora censurar e até mesmo pedir a prisão de um Youtuber por conta das ideias expressadas por este Youtuber. O caso se deu em um dos recentes TLGP (um programa semanal no canal Terça Livre), em que os apresentadores renunciaram à proposta pela qual fizeram a Live para se afundar em argumentação barata, ofensas aos seguidores do canal que estava sendo atacado e o mais absurdo, pedido de censura ao canal e pedido de prisão ao produtor de conteúdo.

A estratégia de manipulação que está sendo usada pelo canal Terça Livre, que um dia se disse perseguido, que um dia se disse ameaçado e cujo fundador teve que mudar de residência por conta dessas ameaças; é das mais baixas possíveis, semelhante à estratégia usada pela grande mídia. O Terça Livre coloca na boca de “apresentadores” de um programa mais descontraído, com ar de diversão, aquele desejo mais pesado e que não pode ser feito pelos intelectuais do canal, mais sisudos e que devem manter a pose de superioridade.

É a mesma estratégia usada pela Jovem Pan em programas como Morning Show vs. Os Pingos nos Is. Um vai trazer o ponto de vista mais chocante que teoricamente poucos vão levar à sério, enquanto o outro vai manter a emissora como um veículo de superioridade intelectual. O superior vai servir para passar credibilidade à estapafúrdia trazido pelo popularesco. O popularesco vai pedir qualquer tipo de situação chocante até que essa situação se torne palatável e discutível no programa superior. Assim esconde-se que a baixaria é de toda a emissora, dando a entender que é de um programa pontual… Mas na realidade não é.

lista iptv legal 73 canais
lista iptv legal 73 canais

Não concordar com as ideias propagadas por uma pessoa é uma coisa, mas não conseguir se manter no campo das ideias e pedir que pessoa seja censurada e presa por expressar essas ideias já passa a ser um terreno muito perigoso para quem busca a verdadeira liberdade. O Terça Livre se embrenha pelo mesmo pântano perigoso ao qual diz combater: só são válidas as ideias que o Terça Livre diz que são válidas, se for diferente do que o Terça Livre entende como verdade (ou pior, aceita como a verdade), então a pessoa não pode expressar a sua ideia e tem até que ser presa por isto.

Temos aí uma máscara caindo de uma equipe de pessoas que sempre pregaram o contrário e diziam combater tudo aquilo o que vai contra a dignidade humana. Pior ainda, que pregavam que ideias inválidas se combate com ideias verdadeiras, nunca com argumentação ad hominem (quando o que se busca é diminuir moralmente e fisicamente uma pessoa e não as ideias que ela professa). Agora o Terça Livre, através dos “descontraídos” do TLGP, busca rebaixar pessoas que não contra as ideias que não passaram pela chancela da verdade do Terça Livre.

Para piorar, o Terça Livre, que também tem um canal chamado Livre Mercado, chama o produtor de conteúdo de vagabundo pois ele está monetizando o seu conteúdo através da plataforma Apoia-se, dando a entender que isto é um crime e classificando as pessoas que pagam para consumir aquele conteúdo com diversas baixarias.

Infelizmente temos uma grande polarização de narrativas hoje no Brasil, polarização que faz com que as pessoas enxerguem que só exismte dois lados, idolatrando pessoas e o conjunto de suas ideias ao invés de prestar atenção nas ideias para que aproveitem somente aquilo o que é realmente bom para a sua vida e combatam aquelas ideias que são danosas.

Num país em que os meios tradicionais de comunicação já censuram tudo aquilo que vá contra a verdade fabricada por determinado grupo, é extremamente danoso engrossar o caldo daqueles que censuram. Pior ainda, num país onde há uma forte vertente política que classifica como criminosa todas aquelas ideias que vão contra os seus próprios interesses, é extremamente danoso que se peça a prisão daqueles que questionam aquilo que você entende como a verdade.

Afinal queremos ou não queremos liberdade? E se queremos liberdade é justo que um ou outro grupo decidam o que pode ou não ser questionado? E se não pode ser questionado, a pessoa tem que ser presa por isto?

Por fim, o canal Terça Livre é intimamente ligado ao governo, fica a pergunta: há interesse do governo em censurar determinados assuntos na internet e para isto estão incentivando que determinados canais engrossem o caldo dessa censura, inclusive com pedido de prisão?

Esse tema é sim pertinente, já que o governo não censura mídias que o atacam pesadamente, sendo esses ataques pessoas, mas agora estamos vendo este tipo de ataque a canais no Youtube, plataforma que sem dúvida é forte pois ajudou a eleger não só o presidente mas uma grande parcela de políticos que agora estão ditando os rumos do Brasil.

Para aqueles que um pouco de juízo tem, abram os olhos sobre como idolatrar quem quer que seja é perigoso.

Cuidem de suas famílias e do futuro desta. Busquem maneiras de proteger os seus filhos e que eles consigam identificar narrativas que atentem contra o que é importante para as suas vidas e a continuidade digna dos seus descendentes.

Fiz uma Live para o canal GPSPezquizaOficial fazendo o mesmo pedido de desculpas (a gravação dela está logo abaixo se você desejar assistir) e indiquei um livro que é bem importante para aqueles que buscam aprender de verdade, a liberdade de saber pensar. O livre é:

COMO LER LIVROS – AUTOR: MORTMER ADLER

Censura não, prisão por expressar ideias muito menos.

Entra pro nosso canal no Telegram clicando aqui, clica agora aí vai!

.