Apagão Oi TV não foi provocado por falha no satÉlite, confira o motivo agora

1547

O apagão ocorrido na transmissão da Oi TV no Áºltimo dia 16 ainda está deixando muitos assinantes da operadora preocupados e achando que houve algum problema com o satÉlite SES 6 e que o satÉlite possa parar de operar a qualquer momento.

Estou recebendo alguns questionamentos todos os dias sobre o assunto por isto vamos falar sobre este apagão mais uma vez.

Felizmente para os assinantes da Oi TV não há nenhum problema com o satÉlite SES 6 e ele ainda tem muitos anos de vida para dar alegria a quem o utiliza.

O apagão ocorrido no sinal da Oi TV, na realidade, nem foi causado por nenhum problema operacional na operadora e nem mesmo por um problema o qual a Oi TV pudesse agir para que não ocorresse o apagão.

Este apagão dos canais da Oi TV atravÉs do SES 6 ocorreu por problemas meteorológicos e derrubou todos os canais da Oi TV pela forma como os canais são recebidos pela Oi TV e retransmitidos para o satÉlite SES 6.

Na realidade todas as operadoras de tv por assinatura via satÉlite trabalham da mesma maneira… e as de tv a cabo de uma maneira muito parecida.

Você já imaginou onde começa a transmissão de um canal de tv? É a partir da empresa responsíel pela produção do conteÁºdo daquele canal, ela produz os seus canais e precisa enviar o sinal destes canais para diferentes operadoras de tv por assinatura.

Por isto cada rede de canais aluga um ou mais transponders em um satÉlite escolhido pela rede de canais e transmite os seus canais, de forma codificada, atravÉs daquele satÉlite.

Para a operadora de tv por assinatura ter o sinal destes canais ela precisa primeiro captar estes canais no satÉlite escolhido pela produtora dos canais.

Como cada produtora de canais escolhe em qual satÉlite quer colocar o seu sinal, a operadora de tv por assinatura É obrigada a ter um local especialmente projetado para receber o sinal de cada canal que fará parte do seu pacote de canais, este local É central de retransmissão da operadora.

Na foto abaixo você vê a Central de Retransmissão da Sky, infelizmente eu não consegui uma foto da Central da Oi TV, no entanto a central da Oi TV, da Claro TV, da GVT TV e de qualquer outra operadora segue a mesma lógica.

the-juice-recarregar-bateria-celular-usando-outro-celular

Como você pode ver na foto acima, há diversas antenas para receber o sinal dos canais que fazem parte do pacote de canais da operadora e estão em diferentes satÉlites e uma super antena para retransmitir o sinal destes canais de volta para o satÉlite da operadora, no caso da Oi TV retransmitir para o satÉlite SES 6.

A grande questão É que a operadora precisa concentrar toda a recepção dos canais e a retransmissão destes canais em um mesmo local, e para diminuir o máximo possÁ­vel a chance de ter problemas meteorológicos É que a operadora usa antenas de chapa de tamanhos enormes e LNBs profissionais de altÁ­ssima qualidade.

Em condições meteorológicas adversas, quando pesadas nuvens de chuva se colocam entre o satÉlite e as antenas parabólicas na região onde fica a Central de Retransmissão da Operadora, enquanto o sinal das antenas parabólicas comuns some na casa dos assinantes que moram na mesma região da Central da operadora, as antenas de recepção e retransmissão das centrais das operadoras geralmente conseguem continuar a operar.

No entanto o que aconteceu no Áºltimo dia 16 no Rio de Janeiro, local onde fica a Central de Retransmissão da Oi, foi um fator climático totalmente adverso.

As nuvens de chuva que se formaram na região do Rio de Janeiro onde fica a Central da Oi TV foram tão espessas que bloquearam totalmente a retransmissão de canais a partir da Central da Oi TV para o satÉlite SES 6, provocando um apagão na casa de todos os assinantes da Oi TV.

É importante salientar que este problema não afetou os circuitos eletrônicos do satÉlite SES 6 e muito menos afetou os equipamentos da Central de Retransmissão da Oi TV em Terra, foi simplesmente um bloqueio de sinal que durou aproximadamente 12 minutos.


apagao-oi-tv-ses6-centra-retransmissao-oi-tv