Quebrada a criptografia que protege os conteÁºdos 4K Ultra HD

1904

Mais uma criptografia considerada praticamente impossÁ­vel de ser quebrada caiu por terra nos Áºltimos dias, É o sistema que protege os conteÁºdos em qualidade de resolução Ultra HD, 4K, de dois gigantes do video on demand, Netflix e Amazon.

Ambos produzindo conteÁºdo de sÉries originais que estão fazendo bastante sucesso e ofertando estas sÉries para os seus assinantes com o diferencial de disponibilizarem em qualidade 4K, para quem tem televisão compatÁ­vel com o Ultra HD e conexão de internet que suporta a velocidade necessária para se baixar streaming em 4K.

Netflix É quem tem os conteÁºdos em 4K mais desejados por aqueles que consomem conteÁºdo pirata, mas atÉ um mês atrás estes conteÁºdos só podiam ser consumidos atravÉs da pirataria em qualidade Full HD.

A notÁ­cia agora É de que os serviços de partilha de conteÁºdo online estão ofertando estes mesmos conteÁºdos em qualidade 4K, sem grande alarde e sem que nenhum grupo de hackers tenha assumido que quebrou a proteção HDCP, High-Bandwidth Digital Content Protection, destes conteÁºdos 4K.

Não que esta seja a primeira vez que se oferta conteÁºdo 4K de forma pirata, este tipo de conteÁºdo já era ofertado pelos meios de compartilhamento pirata, no entanto o que se tinha era pouco conteÁºdo 4K pirata pois era necessário que se esse conteÁºdo fosse ofertado pelos estÁºdios em midias como o BluRay para então serem copiados e compartilhados em resolução Ultra HD.

No começo do ano alguns grupos conseguiram piratear conteÁºdos 4K da Netflix que rapidamente tomou uma medida e conseguiu sanar o problema.

Durante o ano as tentativas de piratear e disponibilizar conteÁºdo em qualidade 4K por compartilhalmente geravam arquivos com muitos problemas como congelamentos e pixalização dos vÁ­deos.

A má notÁ­cia para a Netflix e a Amazon É que os arquivos disponibilizados agora estão integros, com a mesma qualidade que se obtem ao assistir via streaming na Netflix.

Os arquivos são pesados, chegam em mÉdia a 100 Gb e a uma taxa de 32,5 Mbps.

Os especialistas dizem que o que os piratas estão conseguindo fazer para copiar os conteÁºdos da Netflix com qualidade Ultra HD É provavelmente hackear equipamentos como o Amazon Fire HD e o Roku 4K que são produzidos com uma qualidade de proteção de conteÁºdo bem mais frágil que a que É normalmente usada para proteger conteÁºdos 4K.

Desta maneira É possÁ­vel baixar os arquivos digitais com os conteÁºdos 4K ofertados pela Netflix e então quebrar a criptografia que por ventura esteja protegendo estes arquivos.

Agora É esperar para saber se a Netflix e a Amazon realmente irão conseguir identificar onde está o furo em seu sistema de distribuição de conteÁºdo 4K e se será possÁ­vel conter a pirataria de seus vÁ­deos nesta qualidade de imagem.

O que fica desta história mais uma vez É que por mais que os detentores de conteÁºdo tentem proteger seus conteÁºdos…