Netflix denuncia provedores de internet com má qualidade de conexão

920

Os serviços de vÁ­deo on demand são totalmente dependentes de conexões de internet de boa qualidade para entregarem aos seus clientes o produto que estes adquiriram, a possibilidade de assistir a vÁ­deos de boa qualidade no momento em que desejarem.

O grande ponto fraco então dos serviços de video on demand É que estes não podem controlar a qualidade do acesso que as operadoras de internet banda larga entregam aos seus clientes. quanto pior a qualidade do acesso, menos clientes assinarão o pacote de serviços de vÁ­deo on demand.

Olhando pelo lado das operadoras, elas vendem conexões de alta velocidade e nas letras mÁ­nimas dos contratos inserem cláusulas para limitar a quantidade de dados que os clientes podem trafegar na rede bem como ter o direito de baixar a velocidade da conexão dos seus clientes quando for necessário.

O que acontece É que os clientes são constantemente enganados pelas operadoras de serviços de internet, que baixam a velocidade de conexão de determinados serviços que consomem maior quantidade de dados para não precisarem investir em redes de dados que entreguem a velocidade contratada e continuam a incluir mais clientes em suas redes problemáticas.

Com o crescimento de serviços de vÁ­deo on demand como o Netflix, ficou evidente que as operadoras precisam investir mais na qualidade dos seus serviços de conexão de internet pois o tráfego de dados na internet se tornou mais intenso.

Os clientes dos serviços de vÁ­deo on demand começaram a se sentir insatisfeitos com a baixa qualidade dos vÁ­deos durante alguns perÁ­odos do dia e atÉ mesmo com a dificuldade de assistir aos vÁ­deos sem que ocorressem freezes na reprodução.

O resultado É que ocorre uma estagnação no nÁºmero de assinantes de vÁ­deos on demand e uma má imagem do serviço junto aos seus clientes.

Diante disto o Netflix, que É o principal serviço de vÁ­deos on demand na atualidade, presente em diversos paÁ­ses do mundo e com mais de 33 milhões de clientes no total global, criou um site para informar aos seus clientes qual É a velocidade de conexão realmente entregue pelos principais provedores de acesso em que trafegam os dados do Netflix no mundo.

Isso equivale a dizer que o Netflix está denunciando de uma forma elegante a maneira como os provedores de internet banda larga estão agindo e com isto está dando melhores oportunidades aos clientes deste serviço para que escolham os provedores de internet banda larga que ofereçam conexões de maior qualidade.

Isto, com certeza, já deve estar se tornando o terror para os provedores de internet banda larga, já que não terão como esconder a qualidade com a qual entregam a conexão de internet para seus clientes.

O site ISP Speed Index, contÉm dados sobre a conexão de internet em oito paÁ­ses e com o tempo deve incluir mais paÁ­ses nos dados.

Ele basicamente informa o nome dos provedores de acesso e qual É a velocidade mÉdia de acesso entregue por aquele provedor, formando um ranking dos melhores provedores naquele paÁ­s.

O ISP Speed Index tambÉm mostra se a qualidade de serviço do provedor de internet está melhorando ou piorando e de quanto foi a melhora ou a piora do provedor de internet.

Um ponto extra para o Netflix e um grande serviço para os clientes.

Pena que o Brasil ainda não foi incluÁ­do no ISP Speed Index mas esperamos que o Netflix faça isto logo por nós, clientes brasileiros do serviço.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here