Histórico: Youtube devolveu o canal Terça Livre

359

Fato histórico e inédito em todo o mundo, o Youtube foi obrigado a acatar decisão da justiça brasileira e reativar o canal independente de notícias Terça Livre.

Nunca antes na história mundial o Youtube havia reativado canal algum que, por decisão da própria empresa, foi ocultado ou deletado pela plataforma.

A disputa judicial entre o Youtube e a equipe jurídica do Terça Livre já vinha se arrastando a algumas semanas, desde que um tribunal de São Paulo determinou a reativação do canal e também uma multa diária de R$ 5 mil a cada dia que a plataforma mantivesse o canal TL inacessível. O Youtube recorreu e novamente perdeu, cmo consequência a multa diária foi aumentada para R$ 10 mil por dia, em favor do canal TL.

A plataforma, mesmo após ter perdido a apelação, ainda demorou alguns dias para o cumprimento da determinação judicial, prazo este em que se especulava que o Youtube iria “peitar” a instituição brasileira e se colocar acima da legislação vigente no país.

Não foi isso, no entanto, o que ocorreu.

Ciente de que o não cumprimento da determinação judicial poderia acarretar até mesmo na prisão do mais alto posto administrativo a representar o Youtube/Google no país e sem se pronunciar de forma mais clara, nem sobre os motivos exatos que levaram o Youtube a bloquear o acesso dos espectadores ao canal TL nem sobre a reativação do canal pela plataforma; o canal de notícias foi reativado.

Até o momento nenhum dos canais adversários e ou influenciers de redes sociais que haviam comemorado a ação do Youtube contra o canal TL se pronunciou sobre a volta do canal à plataforma.

Como dissemos acima, o cumprimento da determinação judicial de reativação de um canal, pelo Youtube, da maneira como agora está ocorrendo, é inédita e abre precedente para a reativação de qualquer outro canal que o Youtube desative por decisão própria. Aliás, supostamente já há mais um canal que sofreu a mesma ação por parte do Youtube e deve retornar em breve, o canal Bitcoin Investimentos.

Estaremos vendo algo novo acontecendo ou em breve veremos uma desativação do canal Terça Livre?