Conclusões do encontro Anti Pirataria da TV que ocorreu na Áºltima quarta feira

741

Ocorreu na Áºltima quarta feira, no MÉxico, um encontro entre operadoras de tv por assinatura, criadores e programadoras de conteÁºdo para a tv paga, autoridades governamentais que regulam a cultura nos diversos paÁ­ses e outras empresas e profissionais envolvidos na produção de conteÁºdo para a tv paga.

Foi o primeiro ttv Summit AntipiraterÁ­a tour 2015.

Este encontro serviu para aproximar toda a gama de profissionais que trabalham na produção e distribuição de conteÁºdo para a tv paga na AmÉrica Latina com a intenção de unirem forças no combate Á  pirataria da tv paga na AmÉrica Latina.

O tema combate Á  pirataria da tv por assinatura na AmÉrica Latina tem preocupado de forma especial os produtores de conteÁºdo para a tv paga, neste encontro estiveram presentes e participaram de forma ativa as produtoras HBO Latin America Group, FOX International Channels Latin America, A+E Networks Latin America, Discovery Networks Latin America US/Hispanic, Turner Boradcasting System Latin America, Motion Pictures Association (MPA) e a Aliançaa Contra a PiratarÁ­a de Televisão Paga.

No encontro foram destacados de forma tambÉm especial, os seguintes tipos de ações que são pirataria do conteÁºdo da tv por assinatura: roubo descarado de sinais por operadoras de tv por assinatura que não pagan nada por estes sinais, o copartilhamento de sinais dos canais de tv paga em hoteis sem que estes pagem pelo uso comercial destes canais, operadoras que informar ter menos assinantes do que na realidade tem para assim não repassar os valores devidos Á s programadoras de conteÁºdo, a clonagem e compartilhamento de cartões de acesso condicional atravÉs de receptores de tv via satÉlite e cabo piratas, o compartilhamento ilegal de conteÁºdo atravÉs de streaming pela internet.

Como se pode ver nos assuntos elencados acima, ainda há um choque de interesses, mesmo que velado, entre as diversas empresas do mercado de tv por assinatura na AmÉrica Latina.

A promessa dos participantes deste encontro foi combater de forma mais ativa a pirataria da tv por assinatura na AmÉrica Latina, e para isto foram destacados algumas conclusões a que se chegaram no ttv Summit AntipiraterÁ­a tour 2015:

1 – A pirataria da tv por assinatura tem que se combatida por todos os envolvidos no mercado de tv por assinatura na AmÉrica Latina, inclusive pelas autoridades governamentais.

2 – Os prejuÁ­zos causados pela pirataria da tv por assinatura são bem maiores que os prejuÁ­zos financeiros, eles impactam na geração de empregos e nos negócios entre as empresas de tv paga.

3 – A pirataria digital É muito complicada de combater já que a cada dia surgem novos equipamentos e novas tÉcnicas que facilitam a vida dos que se beneficiam com o mercado de pirataria dos conteÁºdos de entretenimento digitalizados.

4 – É preciso parar de falar de combate Á  pirataria da tv por assinatura e partir para a ação, este É um dever de todos os envolvidos neste mercado e não somente de alguns, como ocorre atualmente.

5 – Tem que investir em mais tecnologia e que os governos regulem o mercado de tv por assinatura de forma a combater a pirataria da tv por assinatura. Somente a tecnologia não vai resolver pois o mercado de pirataria da tv paga tambÉm evolui tecnologicamente muito rápido.