CLARO TV NÃO OPERARÁ MAIS VIA SATÉLITE? VEJA OPINIÃO DE UM PRESTADOR DE SERVIÇO PARA A OPERADORA

2261

Recebi um interessante relato de um colega que trabalha como prestador de serviço para a empresa Claro TV, ele nos escreveu falando sobre o que está ocorrendo nos últimos dias na Claro TV via satélite e a opinião dele sobre os rumos que a operadora de tv por assinatura poderá tomar daqui pra frente. Após o relato do colega escrevo mais algumas considerações sobre o assunto. O colega pediu para não ser identificado e respeitamos o seu pedido.

Leia também: CLARO TV DESISTIU DOS SATÉLITES STARONE C2/C4 E SEU SUBSTITUTO D2?

Trabalho em uma empresa que é responsável por recolher os aparelhos cancelados da Claro TV, e desde ontem (17/01) não estamos mais recolhendo os aparelhos antigos da operadora que não possuam qualidade em HD e saída HDMI.

No site também não aparece mais o pacote compatível com estes aparelhos (era o mais básico).

lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo
lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo

Agora foi lançado o pré pago hd, minha aposta é que a operadora vai trocar os aparelhos antigos pelos novos, aos atuais clientes e depois desligar os canais sd que estão “repetidos” também chamados de “espelho”, algo parecido com o que a Oi fez no passado ao trocar de satélite.

Sobre desistir da transmissão por satélite, acho muito improvável, já que a mesma é líder no setor (considerando também os clientes atendidos via cabo).

Obs.: sou cliente da Oi TV, pacote TOTAL DVR que foi oferecido ao pedir o cancelamento do serviço. Pagamos 79,90 por mês e é separado do fixo e velox. Nunca tivemos problemas com a Oi, estamos muito satisfeitos com o serviço. E olha que a mesma está em processo de recuperação judicial. O que quero dizer com isso é que a Claro tem potencial para superar a Oi(não em número de clientes, mas na qualidade do serviço e do sinal), e porque não conseguiu ainda eu não sei.

Outra curiosidade sobre a Claro, é que a maioria dos clientes que retiro os aparelhos reclamam da qualidade do sinal (só do céu ficar nublado deixa de funcionar (!)), de não cumprirem com a oferta inicial (um dos clientes me relatou que ofereceram a ele um plano de 49,90 e a fatura veio +200 reais), não oferecem assistência técnica de qualidade, chegando ao ponto do cliente esperar por mais de uma semana por uma visita técnica. Além disso, a operadora faz diversos reajustes, inclui canais sem o cliente solicitar, com isso a cada fatura é uma surpresa diferente.

Ouvi um relato de um ex cliente que os técnicos são autônomos, por isso fazem o apontamento da antena de qualquer jeito, para assim ganharem mais com visitas. O mesmo relatou ainda que só conseguiu solucionar o problema com apontamento ao pagar um técnico (que não era da operadora) por fora.

Para finalizar, eu prefiro acreditar que estão vindo mudanças positivas na Claro a partir deste ano. Devem entrar mais afiliadas da Globo (tem gente que cancela por não pegar), sair os canais espelho como citei anteriormente (quem tem o pré pago sd vai ter que trocar) e TALVEZ preços mais competitivos. Sobre a assistência técnica e cumprimento das ofertas, não acho que deva mudar muita coisa, já que como diz o ditado, “pau que nasce torto, nunca se endireita”.

Boa sorte aos assinantes. E se cancelar, muito provável que eu vá buscar os aparelhos rsrs não precisa me contar como foi seu contrato, já sei de tudo o que ocorre kkkkkkkkk

Um abraço Richard, parabéns pelas matérias!

Veja algumas considerações a mais que enviei como resposta ao nosso colega:

Quero só complementar com uma informação que acredito que você não tem.

Essa onda de migração das operadoras para a ip (internet ou rede própria) tem como um dos seus pontos principais o combate à pirataria da tv.

Diferente do conceito popular, ao tirar o sinal do satélite (principalmente para aquelas operadoras que tem criptografia frágil e servem involuntariamente de fornecedora de conteúdo para a tv pirata) e migrarem para as soluções IP, as operadoras terão à mão a possibilidade de implementação de soluções digitais que as permitirão rapidamente identificar de qual assinante está vindo o conteúdo que está sendo pirateado e então cortar a conexão de tv para este assinante.

Esse tipo de solução está sendo ofertada por diversas empresas de proteção de conteúdo digital em todo o mundo, inclusive pela Nagra, parceira da Claro Tv, no entanto é necessário um ambiente de tráfego de dados de alta velocidade e duplex (envia e recebe dados), para que a solução de segurança do conteúdo digital funcione.

Pela lógica a Claro TV é a operadora que tem a maior facilidade de migração de assinantes da tv via satélite para o cabo, é muito provável que há uma grande quantidade de assinantes de tv via satélite da Claro que residem em locais onde há cabeamento da operadora (NET). A migração desses assinantes para o cabo seria um ganho enorme para a operadora. Quantos são esses assinantes? É uma resposta difícil de cravar, mas podemos dizer que estão sim na cada do milhão.

Mas como bem você disse, há também alguns milhões que só tem a possibilidade de captar via satélite e nesse caso, mais uma vez, só a operadora para dizer se eles dão ou não lucro.

Por enquanto é esperar, mas pode anotar aí na sua agenda, essa questão de por fim à pirataria é prioridade nesta década para os produtores de conteúdo que estão pressionando as operadoras para darem um jeito no problema senão as plataformas online próprias podem ser a solução que estes produtores de conteúdo usarão para diminuir o prejuízo causado por este mal.

Bem, vou estourar a pipoca aqui e esperar pelas próximas cenas desta novela,

Um abraço, feliz 2020 para você e a família, que Deus os abençoe.

Até mais

Entra pro nosso canal no Telegram clicando aqui, clica agora aí vai!

.