ASSISTA DE GRAÁ‡A DOCUMENTÁRIO CENSURADO PELA CINEMARK: 1964 – O BRASIL ENTRE ARMAS E LIVROS

1316

Neste final de semana tivemos a estrÉia do excelente documentário produzido pelo Brasil Paralelo: 1964 – O Brasil entre armas e livros.

Antes de mais nada, vamos saber de fato o que É e quem são as pessoas que fazem parte do projeto Brasil Paralelo, já que no Brasil não se pode contar com a mÁ­dia “oficial” que há muito esqueceu o que significa o sentido de informar, trocando esta, que É a sua razão de existir, por desinformar, manipular e cuidar dos próprios interesses.

Quem É o Brasil Paralelo

O Brasil Paralelo É um projeto financiado por pessoas comuns, com a intenção de resgatar a história dos momentos mais marcantes e importantes da história brasileiro como eles de fato ocorreram. O projeto conta com a participação de mais de 50 especialistas, produz documentários, filmes, palestras… que são de extrema relevÁ¢ncia para todos aqueles que já acordaram para o fato de que o que nos É contado na educação formal no Brasil, principalmente nas Áºltimas duas dÉcadas, É uma distorção extremamente mentirosa do passado do nosso paÁ­s. A nossa história, a história dos nossos antepassados, aquilo o que pode nos unir e nos fazer orgulhar de sermos brasileiros nos foi roubado por dÉcadas de interesses escusos de determinados grupos polÁ­ticos que desejam tomar para si o Brasil, destruindo o vÁ­nculo e o amor que os brasileiros tem ou passam ter pela sua terra, sua comunidade, seus costumes, a luta dos seus antepassados para formar essa nação.

O projeto Brasil Paralelo se esforçou para juntar uma equipe de pessoas realmente brilhantes e realmente especialistas nos assuntos sobre os quais tratam (enquanto a mÁ­dia oficial se esforça para trazer “especialistas” sem nenhuma especialização decente, sem currÁ­culo, sem publicações de relevÁ¢ncia, mas comprometidos a lhes ajudar a continuar mamando nas tetas do governo). Veja alguns nomes que estão na equipe de conteÁºdo do Brasil Paralelo:

– Luiz Phillipe de Orleans e Bragança – Cientista PolÁ­tico mestrado em Stanford.

– Flíio Morgenstern – Escritor e Analista PolÁ­tico

– Rafael Nogueira – Professor de História e Pesquisador

– Percival Puggina – Professor e Escritor

– HÉlio Beltrão – Fundador Presidente do Instituto Mises Brasil

– Luiz Felipe PondÉ – Filósofo e Escritor.

– Olavo de Carvalho – Filósofo Reconhecido por Grandes Filósofos e Pensadores Internacionais e autor de diversos Best Sellers.

– E mais de 150 outros nomes relevantes, aos quais você pode conhecer acessando o site do Brasil Paralelo:

Brasil Paralelo

Filme 1964 – O Brasil entre Armas e Livros

Apesar de a podridão Á  qual se tornou a mÁ­dia brasileira, seus auto proclamados intelectuais e formadores de opinião, que atualmente não se dão ao trabalho e nem Á  dignidade de dizer o mÁ­nimo de verdade sobre os assuntos aos quais publicam, o documentário 1964 – O Brasil entre Armas e Livros É uma pesquisa histórica produzida com extremo cuidado e baseada em documentos, muitos deles produzidos pelos grupos polÁ­ticos participantes, interessados e patrocinadores da dita guerrilha armada da Época em que os fatos se desenvolveram.

O filme documentário tambÉm trás documentos produzidos por alguns dos governos que financiaram ativamente estes guerrilheiros em nosso paÁ­s, como RÁºssia e Cuba, documentos estes que revelam as intenções destes governos estrangeiros para o Brasil naquele momento, intenções estas que se fazem presentes atÉ hoje.

É muito fácil perceber que há, em sua maioria, grupos de mÁ­dia “tradicionais” no Brasil, que há muito formam um sombra tenebrosa que caminha ao lado dos poderes oficiais do paÁ­s, barrando o caminhar saudíel destes poderes e arrancando-lhes pedaços da carne ainda em vida, provocando enormes sangramentos em feridas profundas. Estes grupos censuraram e deturparam as informações que a população pôde ter acesso, alÉm de omitirem e esconderem informações importantes, fatos históricos e verdades sobre o nosso paÁ­s. Esses grupos que se acham donos do povo brasileiro, querem continuar a ditar, censurar, deturpar, omitir, manipular, se apossar das almas do povo brasileiro.

Ainda temos muita gente fraca que cai nessa narrativa, ainda temos muita gente fraca que se deixa levar pelo mar de desinformação e mentiras que se tornou tv, jornais, revistas e tantas outras publicações que dormem e acordam pensando, dia e noite, em formas de puxar para si aquilo o que poderia beneficiar a todos os brasileiros.

Fazer crÁ­ticas negativas baseadas em narrativas históricas faltas e manipuladas É fácil. Quero ver ter a coragem de assistir Á quilo o que criticam e depois reescrever a crÁ­tica baseando-se nos que realmente aconteceu.

Se a mÁ­dia brasileira ainda não conseguiu te aprisionar, eu te convido a assistir, de graça, ao documentário produzido pelo Brasil Paralelo, ele está logo abaixo, completo e liberado de graça pelos seus produtores.

Para todos os outros que preferem se deitar junto Á s narrativas históricas mentirosas que foram e são produzidas como educação e informação no Brasil, há um bom trecho da palavra de Cristo, se É que estes poderão entender sobre o que falava Ele neste chamado tão válido atÉ os dias atuais:

Segue-me, e deixa que os mortos enterrem os seus mortos; tu vai e anuncia o reino de Deus (Lc 9, 57-60; cfr. Mt 8, 19-22).

SIM, NÁ“S TEMOS TELEGRAM E SE VOCÁŠ TEM TAMBÉM CLICA LOGO NO LINK AÁ E CONHECE O NOSSO: https://t.me/gpspezquizaoficial

.