On demand 3 X 1 TV aberta

666

A revista Exame publicou hoje um estudo realizado pela IMS Internet Media Services, em parceria com a comScore sobre como os brasileiros e cidadãos de outros 5 paÁ­ses da AmÉrica Latina consomem vÁ­deos digitais.

No Brasil, 2.083 pessoas responderam a um questionário online entre 02 e 10 de setembro deste ano.

O resultado só reforça o que viemos dizendo aqui no GPS.Pezquiza.com nos Áºltimos meses, a internet está matando a tv aberta no Brasil e ferindo de morte a tv paga.

Segundo os dados levantados pelo estudo, os brasileiros assistem em mÉdia, por semana, 13,6 horas assistindo a videos online contra 5,5 horas assistindo tv linear, seja ela tv aberta ou tv paga.

O placar É de aproximadamente 3 vezes mais videos online que tv linear.

Das 13,6 horas semanais assistindo Á  videos online, 5,1 horas É de vÁ­deos assistidos em smartphones.

Quando estão assistindo videos online no smartphone, os brasileiros optam mais por conteÁºdos gerados por outros usuários, caracterÁ­stica do Youtube. Quando assistem videos online em telas maiores, os brasileiros optam mais por filmes e sÉries, caracterÁ­stica da Netflix.

Quando a pergunta incluiu o tempo gasto incluindo diversas midias, como tv linear, videos online, rádio e impressos, os vÁ­deos online continuaram a dominar, com 44% do tempo total gasto pelos usuários assistindo vÁ­deos online.

Uma notÁ­cia interessante É que aumentou consideravelmente a quantidade de pessoas que estão pagando por serviços para assistir a videos online em plataformas como a Netflix.

35% dos usuários de vÁ­deo online consomem vÁ­deos quando estão fora de suas residências, inclusive nos deslocamentos de carros entre a sua casa e os locais para onde estão indo.

Isto explica a opção de diversas emissoras, abertas e fechadas, de lançar plataformas para vender o seu conteÁºdo por meio de assinatura, inclusive sem a necessidade de que o usuário da plataforma online ser assinante de uma operadora de tv paga.