Globoplay fez cobrança indevida por débito automático na conta bancária de um não assinante

329

Já pensou verificar o seu extrato bancário e ter o desprazer de se deparar com uma cobrança em débito automático de um serviço que você não contratou?

Pois este foi o desprazer que eu mesmo tive, na data de hoje, ao ver em meu extrato uma cobrança agendada de mensalidade do serviço de tv paga via internet GloboPlay, sendo que há alguns anos eu não sou assinante do serviço e muito menos fiz nenhum pedido de renovação ou de uma nova assinatura do GloboPlay.

Sim, há alguns anos atrás eu fui assinante da GloboPlay, a pedido da dona Onça que gostava de assistir às novelas da emissora mas os horários não a deixavam assistir na tv aberta. No entanto já fazem aproximadamente três anos que entramos em um acordo aqui em casa e não se assiste Globo de maneira alguma aqui, seja na tv aberta, seja via internet. Nada, zero, de jeito nenhum se assiste a qualquer programa Globo na minha casa.

Canelar o tal do GloboPlay foi uma dificuldade naquela época, face aos passos complicados que o serviço tinha (e me parece que ainda tem) para se efetuar esse cancelamento.

Quando me deparei com a tal cobrança de mensalidade da GloboPlay em minha conta corrente da CEF, a minha primeira reação foi tentar entrar em contato com o serviço para tentar entender se alguém tinha usado meus dados pessoas para contratar a plataforma. Mas a tentativa de entrar em contato com a administração dos serviços Globo, para assinantes, já é complicado, imagina então para não assinantes que não tem uma conta no site específico da Globo para “resolver” esse tipo de problema. É de chorar.

Tentei por chat, tentei por telefone, tentei me logar na área de cliente do site específico para esse fim, dos serviços ofertados pela Globo. Qual o que, todos eles me jogavam de volta para um serviço online que teoricamente resolveria o problema mas que na realidade pedia para entrar em contato com outro serviço que pedia para voltar a entrar em contato com o serviço anterior.

Você acha que algum destes atendimentos foi feito por uma pessoa de verdade?! Claro que não, todos os atendimentos feitos por uma inteligência artificial.

Aí não teve jeito, parti para o Reclame Aqui, que me dava logo de cara a opção de entrar em contato com um atendente dos serviços Globo, através do Reclame Aqui. Pensei que tinha chegado ao paraíso dos consumidores lesados mas foi pura ilusão. O tal contato direto ofertado pelo Reclame Aqui também não se completava, retornava sempre uma mensagem de erro.

Para aumentar a minha tensão, ví que muita gente estava registrando reclamações no Reclame Aqui pelo mesmo motivo, ou similar, ao meu. e não havia a solução (final) especificada em nenhuma das reclamações no site. De qualquer maneira eu também registrei a minha Reclamação contra a cobrança indevida do GloboPlay e parti para a tentativa de entrar em contato com a agência digital da CEF… Mas essa me enrolou e não me atendeu.

O tal do atendimento online, atendimento digital é tenso. Tão tenso que a minha alma não descansou, depois de algumas horas resolvi abrir uma reclamação no Procon (online) e contar a parte essencial da história que aqui vos conto. Reclamação registrada aí tem que esperar um atendente de carne e osso do Procon Goiás ler a reclamação e a aceitar.

É tenso, é muito difícil o tal do atendimento digital. O que é difícil não é fácil não.

São menos R$ 21,90 saindo da minha conta sem que eu tenha pessoalmente e nem virtualmente autorizado isso. E olha que nos últimos tempos eu estou igual o pai do Chris, registrando em tempo real cada centavo gasto com qualquer coisa que se consuma em casa.

Passei o dia matutando e até estava pensando que na verdade a cobrança está lá GloboPlay mas pode ser que algum golpista tenha inventado uma maneira de fazer cobrança em débito automático na conta da CEF e colocado o nome do beneficiário de GloboPlay só para ludibriar… Mas pensando com calmo essa hipótese é praticamente impossível, já que eu também quero acreditar que a CEF é um banco organizado, muito bem estruturado e que não deixaria passar um convênio de cobrança em débito em conta que não tivesse todos os dados 100% corretos. Sendo assim tudo indica realmente está sendo feita pelo serviço GloboPlay.

Resumo do dia: é bem provável que os tais R$ 21,90 sairão da minha conta no dia primeiro, mesmo sem eu ter autorizado essa cobrança. Tenho duas reclamações registradas, uma no Procon e uma no Reclame Aqui. É provável que nenhuma das duas vá para frente e que no próximo mês eu esteja de novo sofrendo com essa cobrança indevida.

Pois é, eu já falei sobre esses “erros” de cobrança aqui no GPS.Pezquiza.com, mas agora quem caiu fui eu… Não adianta saber que o fogo queima para estar protegido pois uma hora ele te pega.

O que é difícil não é fácil mesmo.

Entra pro nosso canal no Telegram clicando aqui, clica agora aí vai!

.