Proibido falar facebook e Twitter na Globo… Tem que pagar taxa extra se quiser

755

Globo É sempre Globo e teoricamente nenhuma marca pode ser exibida em qualquer programa da emissora se não tiver pagado um bom valor para a emissora pela publicidade, mas será que quando o assunto É internet essa questão realmente faz todo este sentido?

Para a emissora com toda certeza faz sentido que a sua polÁ­tica de marcas tambÉm seja aplicada aos grandes sites da internet, e por isto proibiu que se façam quaisquer menções aos nomes das redes sociais Twitter e facebook durante a sua programação.

Novelas, telejornais e quaisquer outros programas produzidos pela emissora devem se referir ao facebook como “grande rede social”, gravem bem este código; já quando o site a se falar for o Twitter deve-se dizer “rede social de mensagens curtas”.

A Globo deu dois motivos para a sua decisão sobre as redes sociais, a primeira É o baixo retorno que o facebook e o Twitter dão para a emissora, segundo a Globo cerca de 2% do tráfego do Globo.com vem de redirecionamento atravÉs do Twitter e facebook.

O segundo motivo É que o facebook e o Twitter são empresas como outra qualquer e por isto para serem citadas na programação da emissora tem que pagar pela publicidade. Pior ainda, se em algum comercial que for veiculado no Globo houver a menção do facebook ou Twitter da empresa que estiver veiculando o comercial esta empresa terá que pagar uma taxa extra.

A Globo tambÉm retirou links para a emissora que foram postados no facebook e Twitter por conta desta mesma polÁ­tica. E É isto, a Globo É um universo a parte em relação ao mundo e mesmo aos brasileiros que usam maciçamente estas redes sociais.

Ainda me lembro de quando a Globo começou a usar computação gráfica durante os jogos de futebol para inserir elementos dentro do campo de futebol para inserir propaganda de seus anunciantes, o que a Globo fez na Época? Trouxe para o Brasil uma tecnologia que conseguia cobrir digitalmente as placas de propaganda que ficam ao lado do campo futebol.

Eu me lembro de assistir a alguns jogos na Globo em que não se podia ler as placas de propaganda, mas a Globo teve que recuar daquela medida pois a CBF na Época ameaçou proibir a Globo de transmitir os jogos de futebol.

Agora eu fico imaginando se o Twitter e o facebook resolvem inventar um software que rastreie e tire toda e qualquer menção sobre a Globo do conteÁºdo publicado pelos usuários nestas redes.

E pense como a Globo manda se referir a outras marcas que por ventura circulem pela emissora? Eles devem proibir de falar atÉ mesmo dentro dos estÁºdios para o povo não falar no ar.

“Me trás uma bebida escura borbulhante geladinha”, “Vou puxar aqui meu telefone da maçã e ligar para o meu advogado”, “Felipe Massa, que corre pela equipe do cavalinho…”

Está com essa bola toda a Globo?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here