Ano começa com denÁºncia contra emissoras de tv por assinatura

750

A vida não tá fácil pra ninguÉm, não É mesmo? Não está fácil pra gente imagina para as emissoras de tv por assinatura que tem que enfrentar a forte concorrência da pirataria online das sÉries que são o maior chamariz de audiência para estas emissoras.

Não está sendo fácil e para piorar está desvalorizando os valores que estas tem a receber operadoras de tv por assinatura Á  medida que perdem audiência.

Qual a solução que elas estão encontrando para amenizar o problema da queda de arrecadação vinda dos assinantes? Fácil, arrumando um esquema para aumentar o tempo que elas tem para passar anÁºncios publicitários.

Isto mesmo, dando um jeitinho brasileiro, uma arrumadinha no conteÁºdo, uma mexidinha no conteÁºdo alheio.

E É exatamente isto que um estudo realizado pelo Business Insider comprovou, que as emissoras de tv por assinatura nos Estados Unidos estão dando uma mexidinha no conteÁºdo que recebem dos produtores de sÉries para que possam inserir mais minutos de publicidade em sua programação.

Mais precisamente elas estão inserindo em mÉdia dois minutos a mais de publicidade a cada meia hora de programação atravÉs de duas tÉcnicas.

A primeira delas É cortas partes de cenas ou cenas inteiras das sÉries que elas consideram que não são assim tão importantes para o entendimento do episódio que está passando.

O negócio É tão profissionalizado que existe atÉ mesmo um software que analisa os episódios das sÉries e corta automaticamente aqueles pedaços das sÉries que ele identifica que são muito parecidas com outros pedaços no mesmo episódio e que, por isto, teoricamente, não atrapalham o entendimento do episódio.

A outra tÉcnica É bastante simples, acelerar a velocidade de reprodução do vÁ­deo para que a meia hora caibam mais dois minutos de publicidade a cada meia hora de programação.

E se você acha que estes dois minutos a mais de publicidade não fazem grande diferença, saiba que eles aumentam a arrecadação de publicidade das emissoras de tv paga, nos Estados Unidos, em mÉdia em US$ 68 mil.

Vale lembrar que o tempo que se pode passar de publicidade a cada hora de programação das emissoras de tv É regulamentado pelo governo, tando lá nos Estados Unidos quanto aqui no Brasil.

O estudo da Business Insider não inclui o Brasil, mas como as mesmas emissoras de lá são assistidas por aqui…

Veja no vÁ­deo abaixo uma pequena demonstração de como estão sendo modificadas as sÉries para que caiba mais publicidade nas emissoras de tv paga.