Receptor da AzamÉrica está sendo transformado em Tocomsat

11626

Avalie este artigo [starrater tpl=10]
A marÉ realmente não está para a AzamÉrica, o fórum da marca continua fora do ar, pelo que eu saiba ele não mudou de endereço, se alguem souber de mudança de endereço do fórum da AzamÉrica deixa um comentário aÁ­ pra gente.

Pelo que eu andei lendo aÁ­ pelos diversos fóruns de receptores de satÉlite, o modelo AzamÉrica S922 É um dos Áºnicos que funcionavam bem nos serviços de SKS e IKS da marca, provavelmente funciona, pois os donos deste receptor estão transformando ele em Tocomsat HD.

O tutorial completo de tal transformação está publicado no fórum Azsatforum com o tÁ­tulo de Tutorial de Tranformação S922 BIG em Tocomsat DuoHD+.

Pelo tanto de gente que acessou o tópico nos Áºltimos dias e que diz estar fazendo esta transformação, pelo jeito está sendo muito mais negócio para os donos do AzamÉrica S922 transformar o receptor em Tocomsat.

‘A AzamÉrica já liderou por algum tempo o mercado de receptores piratas no Brasil e em boa parte da AmÉrica Latina.

Essa semana eu atÉ recebi uma bronca aqui no comentários dizendo que não pode chamar a AzamÉrica de receptor pirata já que a fábrica original da marca não fica na China e sim em Cingapura, e que o receptor É modificado aqui na AmÉrica Latina para ser usado como receptor pirata.

Para mim continua a ser receptor pirata pois É desta maneira que ela está posicionada no mercado aqui na AmÉrica Latina.

No entanto parece mesmo haver uma tentativa das pessoas que controlam a marca AzamÉrica neste continente de retirar a marca do mercado, quem sabe eles já não estão trabalhando com outra marca por que a AzamÉrica já É uma marca muito visada neste mercado???

Quando os usuários de um receptor precisam tranformar ele em outro, É sinal que algum problema há com a marca, ou não?

receptor azamerica transformado tocomsat


3 COMMENTS

  1. Depois de ver alguns vÁ­deos sobre a conversão de um eceptor de uma marca em outra, posso afirmar de que o funcionamento do receptor convertido nunca será 100% por cento, por conta da estructura phÁ½sica da placa lógica cujo firmware é desenvolvido para aquela placa. Por mais se que se faça o jumpeamento por meio de solda ali e solda aculá, ou qualquer outra modificação que venha a ser feita no hardware assim como o firmware, nunca será igual ao original.

    As principais idÁºstrias de reeptores têem seus códigos fontes dos seus equipamentos e obviamente, nunca abrirão seus códicos para outros concorrentes. Nocaso do AZamérica, acredito que a fábrica tenha encerrado suas actividades,por conta da intervenção policial, ou possÁ­velmente uma estratégia de marketing para lançar oura marca no mercado. Até o presente momento,o Azamérica é a Áºnica marca que abre a codificação NAGRA 3 e acredito também que depois da copa de 2014 até as olimpiadas do Brasil no Rio de Janeiro, sejam lançados receptores que abram o NAGRA 4 e acima.

    Outro factor importante além da conversão dos receptores, é atroca dos controles remotos compaÁ­veis com os modelos convertidos. Os controles originais não servem mais para esse fim.

    Quanto a “pirataria”, a posiçãoda américa latina está equivocada porque ela segue o pensamento do modelo norte-americano (Estados Unidos) de commércio de electrônicos emgeral, por ser um regime capitalista selvagem, visam somente o lucro das empresas no sector de tv por assinatura, prejudicando a maioria dapopulação que não tem recursos financeiros para fazer uma assinatura de tv e ainda por cima ter que pagar mensalmente pelos serviços que nem sempre são bons muito pelo contrário, dão mais dor de cabea aos seus assiantes.

    Transformar os recptores de uma marca em outra aÁ­sim que é pirataria, porque eles passam a ser clones de outrasmarcas dos receptores e existe até mesmo o clone do clone! Um receptor passa por duas ou mais conversões de uma marca para outra, aÁ­ meu amigo não há cristão que agÁ¼ente tanta conversão não é mesmo? Quanto a fabricação desses receptores, os melhores fabricantes são os sul-coreanos, que superam os cingapurenhos que também fabricam receptores originais.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here