A influência dos ventos na Antena Parabólica definindo o local de instalação

3494

Aqui no GPS.Pezquiza.com já escrevi diversas matérias sobre a importância do local de instalação das antenas parabólicas, mas a maioria no sentido de facilitar o apontamento e ajuste fino da antena parabólica.

Um aspecto de grande importância, no entanto, ainda não foi abordado aqui no GPS.Pezquiza.com com o destaque merecido, que é a influência dos ventos na antena parabólica.

Como recentemente eu abordei o tema daquele protetor para LNB Banda KU que tem gerado um certo buzz aí na internet, se você não viu esta matéria veja aqui: Protetor anti chuva para LNB Banda KU funciona mesmo? Aquele do vídeo do Youtube e Facebook?, achei pertinente abordar o assunto da influência do vento sobre a antena parabólica e como o local de instalação da antena parabólica tem que levar em consideração a força que o vento exerce na antena parabólica.

Força que o vento exerce sobre a antena parabólica? Como assim?

Para você entender isto mais fácil, pense da seguinte maneira, você instalou a sua antena parabólica em cima da casa e sabe que ela tem que ficar firme lá, será que você teria coragem de colocar uma corda no mastro que sustenta a antena e se pendurar lá?

Provavelmente não pois você sabe que o peso do seu corpo todo terá que ser sustentado pelo mastro da antena, ou seja, se você pesa 70 kilos, o mastro terá que aguentar o peso da antena parabólica mais 70 kilos de peso puxando a antena parabólica para baixo não é mesmo? Esse é um tipo de peso vertical, ou seja, de cima para baixo que a antena tem que suportar.

Agora imagine se esse mesmo tipo de peso fosse aplicado na direção horizontal, da esquerda para a direita, ou o contrário?

Pois este tipo de puxão, que exerce peso na horizontal na antena, também existe e é a força que o vento exerce sobre a antena enquanto passa por ela (no caso da antena telada), ou é barrado por ela (na caso da antena que é fechada, a antena de chapa).

Dependendo da velocidade dos ventos aí na sua região, se você instala a sua antena parabólica em um local onde ela estará muito exposta à ação dos ventos, o vento pode:

– sair da posição correta do apontamento.

– tombar com a ação do vento,

    COLOQUE seu nome e e-mail abaixo para receber nossas notícias. +100 MIL PESSOAS já cadastradas!!!
    CHEQUE AGORA SUA CAIXA DE ENTRADA para ativar a inscrição no e-mail de confirmação que foi enviado para você

– ser arrancada do seu local de instalação, e até mesmo

– ser jogada pelo vento a muitos metros de distância.

Esta ação de a antena ser levada pela força dos ventos pode até mesmo provocar graves acidentes, na sua casa ou mesmo na casa dos seus vizinhos e se a antena for a sua o responsável, claro, será você.

Quanto mais alto você instala a sua antena parabólica e mais livre de obstáculos na mesma altura em que a antena está instalada, mais a ação da força do vento é exercida sobre ela.

Mas como saber qual é a força que o vento da sua região pode exercer sobre a a sua antena parabólica?

Em primeiro lugar é bom descobrir qual é a velocidade que os ventos chegam em sua região, para isto basta fazer uma pesquisa no Google: velocidade do vento em [cidade] durante o ano.

Você deve substituir [cidade] pelo nome da sua cidade, é importante verificar a estatística de velocidade do vento durante o ano, pois se você fizer esta pesquisa em um período em que os ventos não estão tão fortes você correrá um risco grande quanto chegar a época dos ventos mais fortes.

Pelas informações que eu consegui, por exemplo, aqui em Goiânia os ventos podem chegar a 38 km/h no mês de agosto, época em que os ventos são mais fortes.

Tudo bem, e como eu sei qual é a força que um vento de 38 km/h irá exercer na minha antena parabólica?

Ainda bem que o site venezuelano receive-satelite .blogspot .com .br publicou uma tabela com a força que cada velocidade de vento exerce sobre cada antena dependendo do diâmetro da antena parabólica.

Esta tabele está reproduzida abaixo:


força dos ventos na antena parabólica banda ku

força dos ventos na antena parabólica focal point