Que tal Pokemon Go com dados grátis ao assinar um plano de internet móvel?

1593

A verdadeira febre que se tornou o game Pokemon Go para dispositivos móveis nos Estados Unidos já começou a dar ideias para as operadoras de internet móvel por lá, para ganharem terreno em cima dos clientes das outras operadoras.

A onda ofertas de internet Pokemon Go começou com a T-Mobile e a oferta foi inicialmente anunciada pelo CEO da operadora atravÉs de sua conta no Twitter, John Legere, que postou uma foto na rede social em que aparece com um Pokemon Jigglypuff, na legenda os seguintes dizeres: Preparado para pegar todos eles? TMobileTuesdays está dando a vocês dados ilimitados para usar com Pokemon Go.

É uma oferta parecido com a que a Claro está fazendo no Brasil para os usuários do WhatsApp.

“E não É apenas isso”, como os Pokemons a serem capturados durante o jogo Pokemon Go estão espalhados atravÉs da cidade onde o jogador está, e por isto É necessário sair de casa para caçar os Pokemons, a oferta tambÉm vai incluir viagens grátis atravÉs do concorrente do Uber, o Lyft, para os jogadores que colocarem como destino a localização de um Pokemon e a viagem custe atÉ 15 dólares.

Se você não sabe da febre e nem como se joga o Pokemon Go, leia agora a matÉria escrita pelo GPS.Pezquiza.com clicando em Jogo para smartphone Pokemon Go coloca vida de usuários em risco.

Quem É fã de Pokemon Go deve estar pensando que este É um tipo de oferta boa não É mesmo? Já que vai poder jogar de graça o seu game preferido sem se preocupar com o consumo de dados que ele provoca.

O mesmo pensamento para o WhatsApp “de graça” nas operadoras brasileiras.

So que não, não É tão bom como pode parecer quando você se depara com o fato de que esse tipo de oferta fere a neutralidade de rede na internet que É buscada em todo o mundo e que tem como ponto principal o condicionamento de que as operadoras não podem priorizar nenhum serviço que consuma dados na internet em detrimento de outros serviços que tambÉm consumam dados.

Desta maneira ao dar acesso de graça Á  internet para um certo jogo e não dar o mesmo benefÁ­cio para todos os outros jogos e aplicativos que usam internet a neutralidade de rede não está sendo respeitada.

A coisa complica ainda mais quando se tem em mente que as operadoras geralmente fazem este tipo de oferta com os aplicativos que usam internet que são mais populares para conquistar os usuários para seus planos que oferecem uma quantidade de dados para consumo de internet muito baixa.

O usuário que contrata um plano desses vai jogar Pokemon Go muito bem, por exemplo, mas se tambÉm for fã de vÁ­deos no Youtube ou Netflix, só para citar dos serviços muito populares, vai ficar na mão.

O certo que as operadoras de internet móvel deveriam fazer tanto para respeitar a neutralidade de internet quanto para respeitar a necessidade dos seus usuários seria oferecer planos de dados de internet móvel com franquia de dados generosa e valores possÁ­veis de serem pagos por seus usuários.

Então quando esta oferta de Pokemon Go “de graça” chegar ao Brasil, antes de aceitar pense bem se você precisa mesmo só de conexão para este game para acessar a internet móvel.