Como economizar energia ao usar a televisão

527

Não tem como fugir do tema economizar energia pois a época agora é de moderar no gasto da eletricidade, não só por que o preço está muito além do que deveria e vai continuar a subir durante o ano com o governo inventando formas e formas de enfiar mais aumento no valor que pagamos pela energia elétrica e dando desculpas esfarrapadas dizendo que não é aumento.

E se você não pretende economizar por que a sua conta vai vir bem mais cara do que o de costume, pense em economizar por que o Brasil já não está mais conseguindo produzir toda a energia que a população e as empresas estão gastando, e esta situação tende a piorar muito em 2015.

Aqui em casa eu já estou trocando as lâmpadas florescentes por lâmpadas de LED, conforme falei na matéria O preço das lâmpadas de LED despencou e eu comprei para substituir as florescentes… Será que valeu a pena?, o custo total deve ficar em aproximadamente R$ 350,00 para a troca de 20 lâmpadas.

Também estou pensando em outras maneiras de produzir a minha própria energia, como comprar um aquecedor a gás para os chuveiros, uma coisa muito incomum aqui em Goiânia, eu não conheço ninguém que o tenha por aqui e nem conheço loja que venda ou seja especializada em instalação destes aquecedores, alguém aí se habilita a explorar este mercado por aqui?

Outra opção será a compra de um gerador de energia a combustível para me salvar naqueles momentos de apagão que certamente virão.

Ainda não implemente estas duas idéias pois o investimento é bem mais salgado que trocar as lâmpadas florescentes da casa por lâmpadas de LED.

Mas tem uma forma de economizar energia em casa que pode ser conseguida sem que gaste nenhum tostão, que é configurar a sua televisão para que ela gaste menos energia enquanto está em funcionamento.

Sim, isto é possível e já estive fazendo alguns testes aqui em casa pois a televisão aqui em casa fica ligada em média 16 horas por dia e tem dia que ficam duas televisões ligadas ao mesmo tempo. Mesmo sendo tvs de tela plana de LED, o consumo energético gira em torno de 100W a 200W por hora para telas de tamanho médio de 42 polegadas.

O que fazer?

Diminuir o brilho da televisão e usar um contraste moderado, para não perder tanto em qualidade de imagem, sim, você vai perder em qualidade de imagem, mas vai continuar a poder assistir a sua televisão com a consciência tranquila.

Para quem tem TVs mais antigas a regulagem tem que ser feita manualmente, provavelmente o brilho da sua TV estará em um nível alto, baixe este nível de aos poucos diariamente, ou seja, não seja radical na redução logo de cara, vá reduzindo de vez em quando até que você se acostume com um nível de brilho bem mais baixo na sua televisão.

Quanto você deve economizar em consumo energético com esta redução de brilho na sua TV? Aproximadamente 20% se conseguir fazer uma redução radical no brilho da sua TV, pode parecer pouco mas as TVs de tela plana mais antigas tem consumo energético mais alto, girando em torno de 140W a 200W para telas de tamanho médio de 42 polegadas.

Uma redução de 20% para uma TV que fica ligada em média 10 por dia vai significar reduzir em média 35W por hora = 350W por dia = 10,5 KWh por mês, aqui em Goiânia isto corresponde a aproximadamente R$ 7,80 por mês já contabilizados os impostos. Em um ano aproximadamente R$ 100,00 de economia por mudar a regulagem de brilho e contrasta de tv para a imagem não ficar tão “gritante”.

Já as TVs mais modernas consomem menos energia e já tem em suas configurações um modo para configurar a economia de energia.

Estive testando estas configurações aqui em casa, em uma TV LG LED de 46″, o método não é 100% preciso mas já consegui ter uma boa idéia de o quanto estes modos de configuração de economia de energia ajudam a economizar muita energia.

    Deixe agora seu nome e e-mail para receber de graça nossas notícias. 94 MIL PESSOAS já recebem. APROVEITE!!!
    Você deixou seu nome e e-mail? Chegou um e-mail lá na sua Caixa de Entrada pedindo para você confirmar, FAÇA ISTO AGORA ok?

O meio de medição do gasto de energia que usei foi cronometrar o giro do medidor de energia, do momento que agulha aparece no display do medidor até quando ela some do display, o meu medidor ainda não é digital, nos locais onde tem medidor de energia digital não tem esta agulha que fica girando no medidor para você ter uma noção do quanto se está consumindo de energia naquele momento.

Desliguei o máximo possível equipamentos aqui em casa, só ficou ligada a TV e a geladeira que não estava disparada, e deixei a TV com o modo de economia de energia desligado, fui então verificar o padrão por alguns momentos e notei que o movimento da agulha descrito acima demorava em média 6 segundos para acontecer.

Voltei para a sala e liguei o modo de economia de energia da tv no máximo, neste modo a tela da TV fica bem escurecida, mas ainda é possível assistir a TV em um ambiente mais escurecido. fui olhar o medidor de energia por alguns minutos e verifiquei que o movimento da agulha levava em média 9 segundos para acontecer.

Ou seja, entre a economia de energia estar desligada e estar ligada no modo mais forte, a diferença de consumo de energia gira em torno de 34%, o que pode significar até 40W por hora de economia de energia em tvs com tamanho médio de tela de 42 polegadas.

Como aqui em casa a TV fica ligada 16 horas por dia, isto pode significar 19,2 KWh por mês ou cerca de R$ 14,00 a menos por mês na conta de nergia, R$ 168,00 por ano.

É uma redução considerável, mas claro que é mais agradável fazer esta redução somente para assistir a programas em que a qualidade da imagem não é assim tão importante.

Para ver o futebol, um filme, o seriado preferido o bom mesmo é deixar as configurações de imagem num modo que priorize a qualidade mostrada.

Mas para o momento, em que é necessário economizar um pouco daqui, outro pouco dali, esta é uma dica preciosa.

Você também pode tomar outras medidas para economizar mais energia em relação à sua televisão como:

– Diminuir o tempo de uso da tv, assim o gasto será maior ainda.

– Incentivar as pessoas da casa a assistirem ao mesmo programa em apenas uma tv, a da área de convivência comum, pois atualmente as pessoas estão optando por se trancarem nos quartos e não conviverem com a família.

– Usar televisão com telas menores.

– Prestar atenção no selo Procel ao comprar um televisor, dando preferência os modelos mais econômicos.

– Desligar a televisão quando ninguém estiver assistindo.

– Programar a televisão para se desligar sozinha à noite pois é comum as pessoas dormirem a TV passar várias horas ligadas à noite por conta disto.

– Retirar a tv da tomada quando não se esta assistindo ou usar um filtro de linha com botão de ligar e desligar, uma TV em modo stand by consome 12,5% da energia que ela consumiria ligada, o que já é bastante consumo.


economizar-energia-assistir-televisao