CANAIS POWERVU EM BANDA C E NÃO EM BANDA KU – QUAL É O MOTIVO [PERGUNTA DO LEITOR]

2308

Sobre os canais codificados em PowerVu o leitor Artur Santos enviou a seguinte pergunta via e-mail ([email protected]) para o GPS.Pezquiza.com:

Olá Richard

Meu nome é Artur e sou grande fã do site gpspesquiza porque sempre tem algo sobre tecnologia e o site sempre me tira dúvidas sobre certos assuntos. Sendo assim, esses dias estava olhando um video no youtube e alguém falou sobre powervu. Vi alguns assuntos sobre powervu em alguns sites e em videos,porém não foram muito esclarecedores sobre esse assunto e ainda fiquei com algumas dúvidas. Já que você é um grande entendedor do assunto,eu queria que você explicasse o que são os canais powervu. Outra coisa que pude perceber é que os canais powervu estão em banda C. Mais aí eu te pergunto,se a banda C é a banda da parabólica de tela e esses canais são fechados para banda KU, o que esses canais estão fazendo lá? fiquei me questionando…será que usuários da parabólica de tela poderão contratar esses canais como assinantes da banda KU futuramente e as operadores estão fazendo testes? porque será que tem um canal X na banda Ku e o mesmo canal X na banda C em powervu?

Espero que tire a minha dúvida,
um grande abraço!

Artur, muito obrigado pela sua preferência pelo GPS.Pezquiza.com.

Vamos então à explicação para sua dúvida.

De maneira simples o PowerVu nada mais é do que uma maneira de codificar o sinal de um canal ou de um conjunto de canais transmitidos através de um transponder e que neste último caso pertençam a uma mesma programadora – Turner, Fox, Viacom, Globosat, Encompass… são algumas das programadoras de conteúdo que tem canais codificados em PowerVu transmitdos em Banda C em alguns satélites que são captados aqui no Brasil.

Muitos destes canais são destinados à tv por assinatura, sendo que os pacotes de canais das operadoras de tv são captados pelos assinantes destas operadoras em Banda KU e codificados em criptografias diferentes, como Nagra 3 e Videoguard.

Por que então a necessidade de esses canais estarem sendo transmitidos em Banda C e codificados em PowerVu?

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CANAL

O motivo é bastante similar ao método de distribuição de diversos outros tipos de produtos que conhecemos.

Existem diferentes programadoras de conteúdo que são donas das marcas (canais da tv fechada) e de programas que elas agregam em cada uma destas marcas de acordo com o tipo de programação de cada canal.

Após criarem os seus canais cada programadora de conteúdo, seja a Globosat, Turner, Fox…, precisa entregar estes canais para a operadora de tv por assinatura para que ela então crie os seus próprios pacotes de canais e os ofereça ao consumidor final, o assinante.

A maneira como as programadoras de conteúdo entregam os seus canais para serem retransmitidos pelas operadoras de tv por assinatura é através de um Mux (vários canais transmitidos através de um mesmo transponder no satélite) e elas escolhem transmitir esses seus canais através da Banda C pois é uma tecnologia que é mais estável que a Banda KU, ou seja, em condições climáticas desfavoráveis a Banda C consegue manter os canais em funcionamento enquanto a Banda KU não conseguiria. Aliado a isto estão os equipamentos profissionais usados para a captação destes canais pelas operadoras de tv por assinatura, um nível de estabilidade que não é necessário na casa do assinante, o que torna oferecer os pacotes de canais por assinatura para o cliente final muito mais barato através da Banda KU.

Note que os transponders em Banda KU das operadoras de tv por assinatura geralmente contém uma mistura de canais de programadoras de conteúdo diferentes, isto ocorre por que o transponder “pertence” à operadora de tv por assinatura e não à programadora que é dona dos canais, então nos transponders das operadoras de tv por assinatura você verá canais da Globosat misturados com os da Fox, da Viacom e outros.

Já no caso dos transponders/Mux de cada programadora de conteúdo, você só verá canais que pertecem a esta programadora, pois é interesse somente desta programadora colocar estes canais na Banda C do satélite para então os vender para as operadoras de tv por assinatura.

Tendo colocado os seus canais em um determinado transponder em Banda C a programadora de conteúdo precisa então codificar estes canais para que eles só possam ser abertos pela operadora de conteúdo que os contratou já que se a programadora de conteúdo não codificasse/fechasse o sinal destes canais ninguém os iria assinar em uma operadora de tv paga já que bastaria uma antena Banda C para assistir a estes canais de graça.

Muitas programadoras de conteúdo tem escolhido a codificação PowerVu para fechar o sinal dos seus canais transmitidos na Banda C e sendo estes canais nobres e desejados por quem gosta da tv por assinatura, muitos grupos e marcas de aparelhos de tv pirata tem buscado quebrar essa codificação PowerVu para conseguir assistir a estes canais diretamente da transmissão da programadora de conteúdo, captando os canais na mesma fonte que as operadoras de tv por assinatura captam.

Só para esclarecer, as operadoras de tv por assinatura tem que captar os canais através destas transmissões em Banda C feitas pelas programadoras de conteúdo, comprimir os canais novamente, codificar com a sua própria criptografia e enviar para os seus transponders Banda KU no satélite para só então serem captados pelos seus assinantes através da Banda KU.

Um abraço e continue conosco.


Artur