SERVIDOR DE IPTV E IKS COM MAIS DE 50 MIL ASSINANTES QUE ATENDIA AMÉRICA LATINA FOI FECHADO PELA POLÍCIA NO CHILE

2015

A Polícia de Investigações do Chile, atravé da Brigada de Delitos de Propriedade Intelectual, comemora a detenção de 10 pessoas que, segundo a operação, faziam parte de um quadrilha dedicada a ofertar, de forma ilegal, o conteúdo de algumas operadoras de tv por assinatura.

A prisão é um desdobramento de uma investigação a partir de uma denúncia do ano de 2017 feita pelo Grupo Fox Networks América Latina.

    COLOQUE seu nome e e-mail abaixo para receber nossas notícias. +100 MIL PESSOAS já cadastradas!!!
    CHEQUE AGORA SUA CAIXA DE ENTRADA para ativar a inscrição no e-mail de confirmação que foi enviado para você

Os presos, segundo o relato dos investigadores, mantinham um servidor de IKS e IPTV e contavam com mais de 50 mil assinantes espalhados por diversos países da América Latina, o servidor estava situado em um local que foi denominado de laboratório e ficava na comunidade de Lo Espelo, no Chile.

A polícia chilena diz que esta é uma das operações mais importantes já ocorridas na América Latina em relação ao combate à pirataria de conteúdos protegidos por direitos autorais, enquanto o chefe do escritório anti-pirataria da região diz que a América Latina está dando passos largos na luta contra a pirataria.

A polícia chilena não divulgou quais as marcas de receptores piratas mantinham este servidor de tv pirata.