PIRATARIA DA TV POR ASSINATURA ESTÁ ENFRAQUECENDO… Segundo Estudo…

8183

.
Está uma notícia menos ruim para as operadoras de tv por assinatura, menos ruim por que não é a boa que elas gostariam de ouvir.

Mas é o seguinte, segundo mais um estudo feito pela Dataxis, uma famosa empresa de análise do setor de telecomunicações, a pirataria da tv por assinatura está enfraquecendo e deve até mesmo diminuir nos próximos cinco anos.

O estudo recente realizado pela Dataxis informa que na América Latina a pirataria da tv por assinatura estava presente em aproximadamente 7% dos lares no final de 2016, o que representa 11,8 milhões de residências utilizando a pirataria para acessar os canais pagos.

    Deixe agora seu nome e e-mail para receber de graça nossas notícias. 94 MIL PESSOAS já recebem. APROVEITE!!!
    Você deixou seu nome e e-mail? Chegou um e-mail lá na sua Caixa de Entrada pedindo para você confirmar, FAÇA ISTO AGORA ok?

A Dataxis nomeia a pirataria da tv por assinatura como acesso ilegal à televisão por assinatura.

Seguindo com a previsão para o futuro, a Dataxis diz em seu estudo que por conta da digitalização da tv a cabo e das novas tecnologias implementadas na tv via satélite, a tendência é que o número de lares que recorram à pirataria para o acesso ilegal à tv por assinatura se mantenha estável nos próximos cinco anos apresentando uma leva queda no número de usuários.

Em 2022 a previsão é que ainda existam 11,3 milhões de residências recorrendo à pirataria para assistir aos canais da tv por assinatura.

Há neste estudo algumas informações não colocadas de forma direta mas que são bem interessantes.

A mais gritante delas é que a própria Dataxis, cujos estudos e informações são muito respeitadas no mercado das telecomunicações, já está dizendo que a pirataria da tv por assinatura não vai acabar tão cedo… Ou pelo menos não nos próximos cinco anos.