KODI ESTÁ SENDO CENSURADO PELO GOOGLE COMO TERMO DE PESQUISA

1712

Apesar de não ser por si só um software formatado para a pirataria da tv por assinatura, o Kodi se tornou um termo proibido e censurado pela maior ferramenta de pesquisa de enlaces da internet em todo o mundo, o Google.

Isto significa que, entre outras medidas, não existe mais autocomplemento de pesquisa ao se digitar o termo “Kodi” no Google, então se você começar a digitar o termo nunca mais verá ele ser autocompletado como Kodi, as sugestões que você terá serão muito diferentes disto. Além disto, outras pesquisas populares que antes traziam como complemento a palavra chave Kodi agora não passarão mais a sugeri-la automaticamente, é o exemplo de do termo “adds for” que fazia uma sugestão de autocomplemento para Kodi como primeira opção e agora nem menciona o termo.

    COLOQUE seu nome e e-mail abaixo para receber nossas notícias. +100 MIL PESSOAS já cadastradas!!!
    CHEQUE AGORA SUA CAIXA DE ENTRADA para ativar a inscrição no e-mail de confirmação que foi enviado para você

O Google admitiu a censura à palavra chave Kodi, apesar de o software ser legal e produzido por uma empresa comercial com todos os direitos de o produzir e disponibilizar ao mercado, sob uso livre e mesmo sob licenciamento com outras empresas de detenham direitos autorais de conteúdo sob streaming.

O motivo da censura (inclusão do termo Kodi em uma lista negra de palavras-chaves no buscador) segundo o Google foi o fato de a palavra estar sempre associada a softwares de terceiros que permitem a pirataria de conteúdos protegidos por direitos autorais.

O Google já vinha sendo pressionado pela indústria de conteúdo áudiovisual para tomar uma medida contra a facilitação do uso da pirataria através do Kodi pelo fato de as suas ferramentas “ajudarem” às pessoas dispostas a usar conteúdo protegido por direitos autorais de forma pirata, a plataforma explicou que o Kodi se tornou nos últimos tempos o maior alvo da indústria audiovisual e não houve mais como deixar de atender aos “pedidos” de combater a pirataria através do Kodi.

O Google também deletou milhares de links que levavam à sites com o termo Kodi bem como rebaixou na sua ferramenta de pesquisas sites acusados de pirataria que promoviam o Kodi para tal uso.