Entrada de Rede no RECEPTOR ELSYS SAT HD REGIONAL serve pra que?

898

Nosso fiel leitor Norberto nos enviou a seguinte pergunta para o meu e-mail pessoal ([email protected]):

Bom Dia.
Sou seguidor do GPS Pesquisa a tempos, gosto dos assuntos relacionados aos satélites sou muito curioso.

A tempos comprei um Elsys igual ao demonstrado por vocês,inclusive enviei um e-mail sobre como pegar RBS da minha região (Concórdia) onde vc explicou que só pega RBS regional Santa Catarina, ou seja Florianópolis) continuo sintonizando
a RBS Chapecó via Terrestre, e a RBS Florianópolis via Satélite.

Fiquei curioso com um detalhe: o Elsys ETRS 36 possui entrada para internet, plugue rj45, mas quando o colocamos na internet nada ocorre? Quando visitamos o site diz não tem atualização, segundo entendi desde 2014.

Este aparelho poderia ter tecnologia newcamd ou cccam para entrada via internet?

Desde já agradeço, parabenizo pelos assuntos abordados não perdendo nenhum, continue assim.

Obrigado.

Norberto. Aguardo tua resposta.

Norberto, agradeço a sua participação com mais esta pergunta.

    Deixe agora seu nome e e-mail para receber de graça nossas notícias. 94 MIL PESSOAS já recebem. APROVEITE!!!
    Você deixou seu nome e e-mail? Chegou um e-mail lá na sua Caixa de Entrada pedindo para você confirmar, FAÇA ISTO AGORA ok?

É o seguinte, o Elsys HD Regional é um receptor homologado pela Anatel e desenvolvido para a parceria da empresa no sistema Sat HD Regional da Globo.

Se você leitor ainda não sabe o que é o SAT HD REGIONAL clique aqui e conheça mais sobre o assunto.

Você como usuário deste aparelho Elsys ETRS 36 deve ter notado que a interface dele é bem desenvolvida, tem um layout bonito, quase sem engasgos para mudança de tela… Isto se dá pelo tipo de software usado pela Elsys neste aparelho, provavelmente uma versão enxuta de Linux mas com bem mais recursos que para aparelhos mais antigos.

Para falar a verdade não há nenhuma novidade que os aparelhos com os quais convivemos hoje em dia tenham firmware em Linux, a maioria deles tem, o Linux é bastante usado pois pode ser configurado para ser usado até em um relógio digital, por exemplo, diminuindo a quantidade de recursos disponibilizados segundo a necessidade de cada aparelho.

O que quero ressaltar é que no caso deste aparelho e de diversos outros homologados e mais modernos que estão sendo colocados no mercado, os fabricantes tem aproveitado o barateamento da quantidade de memória e do poder de processamento dos chips disponibilizados para este tipo de aparelho e habilitado mais recursos em seus firmwares, o que tem lhes permitido, por exemplo, colocar uma porta de rede RJ45 nestes aparelhos.

A grande questão que fica para o consumidor, como é o caso da sua dúvida com este Elsys ETRS 36 é, se a porta de rede RJ45 não está descrita como uma função para uso pelo dono do aparelho, por que motivo então ela está lá?

Não, a Elsys não pretende liberar nenhum tipo de função para o consumidor usar esta porta de rede RJ45, usar newcamd ou cccam então nem pensar. Não que o aparelho não consiga suportar o uso com estes protocolos, mas para isto é necessário acesso a informações de controle de peças chaves no Elsys ETRS 36 que só a fabricante tem e não compartilha com mais ninguém.

O motivo de haver esta porta de rede RJ45 neste aparelho é para uso pela assistência técnica da Elsys, há uma interface de programação e configuração do aparelho que a assistência e a empresa podem acessar via esta porta de rede e que facilita bastante o trabalho de detectar e resolver problemas técnicos neste aparelho.

Como se acessa essa interface de configuração? Infelizmente é uma informação também não compartilhada pela Elsys.

Diversas outras empresas usam a porta RJ45 para estas questões de manutenção, alguns televisores que não são Smart TVs contém porta RJ45 para manutenção pois ela é uma interface mais eficiente que uma porta serial, por exemplo.

Um grande abraço e continue conosco!