Vivo não quer mais comprar a Sky que não poderá mais comprar a Oi

325

Era uma vez uma operadora de tv por assinatura chamada Sky Brasil que pertence a uma operadora de tv por assinatura dos Estados Unidos que foi vendida para uma grande empresa de telecomunicações daquele país, a AT&T.

De início a AT&T se mostrou animada com o mercado brasileiro de tv por assinatura que parecia ser um fenômeno de crescimento mundial e nadava de braçada em um país com uma economia forte e pujante. Nesta perspectiva de mercado a AT&T queria comprar uma operadora de telecomunicações brasileira para que a Sky pudesse atuar em todas as frentes de telecomunicações no mercado brasileiro.

A operadora que se mostrava a mais disponível naquela época era a Oi TV e o mercado brasileiro já dava como certo uma negociação de venda da Oi TV para a Sky Brasil.

No entanto chegou o ano de 2015 e o mercado de tv por assinatura brasileiro se tornou um pesadelo, assim como toda a economia brasileira.

Assustada por ter descoberto a mentira da prosperidade sem fim contada no Brasil, a AT&T havia resolvido tirar o corpo fora e vender a Sky para alguma outra operadora de telecomunicações brasileira que pudesse estar interessada no negócio.

    Deixe agora seu nome e e-mail para receber de graça nossas notícias. 94 MIL PESSOAS já recebem. APROVEITE!!!
    Você deixou seu nome e e-mail? Chegou um e-mail lá na sua Caixa de Entrada pedindo para você confirmar, FAÇA ISTO AGORA ok?

Surgiu então a Vivo TV, que já havia comprado a GVT TV e se mostrava disposta a desembolsar um bom dinheiro para adqurir a Sky, apostando que a economia brasileira esta enfrentando somente uma marolinha e que o mercado de tv por assinatura no Brasil não iria ser tão afetado.

Mero engano, o ano foi passando e água salgada na marolinha foi se mostrando mais revolta, e a Vivo TV começou a ficar com medo de o barco virar se resolvesse colocar um novo ocupante, e de peso, em cima da embarcação.

Hoje a Vivo TV resolveu tirar o corpo fora da negociação e disse que não está negociando e nem pretende mais comprar a Sky, e que já está muito satisfeito por ter adicionado os clientes de tv por assinatura da GVT.

E a Sky, ficou como?

Tenta novamente comprar a Oi TV? A Oi, que passou muito tempo disponível para o mercado, conseguiu fechar um acordo na última semana para se fundir à Tim e com isto, já não está mais disponível para negociações.

O jeito é a Sky continuar a ser Sky até que a marola se torne um tsunami e arraste todas as operadoras de tv por assinatura juntas, ou que a marolinha se acalme e o mercado possa se mostrar novamente disponível para negociações.

Para a AT&T fica a grande lição, se meter no mercado brasileiro nunca é fácil.