DÚVIDA DA LEITORA: SKY LIVRE QUE VIROU PÓS PAGO não pode voltar a ser Sky Livre?

1100

Eu tenho recebido muita, muita, mas muita reclamação no meu e-mail sobre o produto Sky Livre e é triste saber que muita gente comprou o produto com um entendimento de que ele seria uma opção boa mas que com o passar do tempo na realidade ele se tornou um chute na canela de quem o comprou.

Olha só essa situação que a nossa leitora Vera Regina nos enviou por e-mail:

Boa noite Richard!

Vi, um comentário da sky livre e quero te expor o que segue :

__Uma familiar comprou sky livre e transformou em pós pago, ganhei o aparelho e por um tempo ficou assim (como Sky Pós Pago). Tentei depois de algum tempo voltar a ser Sky Livre o que me foi negado pela operadora, tu tens alguma orientação para mim?
Att
Vera

Vera, obrigado por nos enviar o seu questionamento.

    Deixe agora seu nome e e-mail para receber de graça nossas notícias. 94 MIL PESSOAS já recebem. APROVEITE!!!
    Você deixou seu nome e e-mail? Chegou um e-mail lá na sua Caixa de Entrada pedindo para você confirmar, FAÇA ISTO AGORA ok?

É o seguinte, esta situação que você descreve estava prevista no contrato do Sky Livre e na realidade este era o maior objetivo da Sky quando começou a vender os seus kits Sky Livre, para a operadora este produto foi só alegria.

O que queria a Sky com o Sky Livre? Entre outras coisas: se desfazer com lucro dos receptores SD usados que ela estava tirando da casa dos assinantes que tinham pacotes em resolução SD e estavam aderindo aos novos pacotes HD, repassar o custo de instalação do equipamento para os clientes que adquirissem um aparelho que só poderia funcionar captando a programação da Sky e finalmente “sugerir” – se é que você me entende quando eu uso esta palavra – que estes clientes donos de Sky Livre passassem a se tornar assinantes pós pagos da operadora.

Ou seja, a operadora via o Sky Livre como uma forma de degustação paga pelo cliente Sky Livre em que ela formaria uma grande base de compradores que inicialmente comprariam programação pré paga e que então seriam convencidos a se tornarem clientes pós pagos.

Essa estratégia de marketing estava tão bem arquitetada nos planos da operadora para o Sky Livre que havia uma cláusula no contrato do Sky Livre que dizia que uma vez que o cliente solicitasse a mudança de seu aparelho do serviço Sky Livre para o serviço Pós Pago o aparelho não poderia nunca mais voltar a ser Sky Livre, ou seja, se você desistiu do plano pós pago o seu aparelho que antes era usado no Sky Livre e que continua sendo seu passaria a ter como utilidade virar um peso de papel pois nem para captar canais abertos em algum satélite que esteja transmitindo para o Brasil ele serve.

O que eu acho desta cláusula? Abusiva.

O que resta a você fazer? Entrar na justiça e ter a grande sorte de que o juiz que for determinado para analisar o seu caso também entenda que houve abuso por parte da Sky quando ofereceu um produto com tantas pegadinhas e sem maiores esclarecimentos ao consumidor no momento da compra.

Uma dica se você resolver realmente entrar na justiça em busca dos seus direitos em relação ao Sky Livre: não entre em um juizado de pequenas causas pois está havendo muitas sentenças em que os juízes de pequenas causas estão “entendendo” que o reclamante teve na verdade um mero dissabor e então arbitram uma indenização tão ridícula que não paga nem a gasolina que você vai gastar para resolver o problema.

Infelizmente, novamente, este é o nosso Brasil.