NETFLIX IRÁ COMBATER PIRATARIA DE SENHAS DE SUA PLATAFORMA NOS EUA E NO MUNDO

1908

Ontem eu recebi uma notícia meio atravessada de que a Netflix iria começar a proibir o compartilhamento de suas contas (usuário e senha) e com isto não seria mais permitido que amigos e familiares usassem uma mesma conta para assistir aos conteúdos da plataforma, mais que isto a informação também dava conta de que a Netflix passava a considerar como pirataria tal prática.

Achei muito estranho tal notícia já que a prática da Netflix sempre foi permitir e algumas vezes até estimular que grupos de pessoas se juntassem para assinar a plataforma e então usassem a mesma senha de acesso.

Por outro lado há a pressão de outras plataformas de video on demand que vieram na onda da Netflix e que pertencem a grandes produtoras de conteúdo, sendo que há poucos dias estas produtoras de conteúdo declararam que é pirataria a prática de compartilhar as senhas de acesso às suas plataformas online.

Nos Estados Unidos há até um julgado de 2016 considerando crime federal a prática de compartilhar senhas de acesso a plataformas de conteúdo de entretenimento digital.

O que estaria então ocorrendo de fato, será que a Netflix vai mesmo proibir que amigos e familiares compartilhem entre si suas contas para acessar e assistir conteúdo da Netflix?

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CANAL

Esta foi uma informação meio chata de juntar as peças principalmente por que as ações da Netflix ainda não foram totalmente esclarecidas.

Mas pelo que pude levantar o que está ocorrendo é que em todo o mundo a declarada amistosidade da Netflix em relação ao compartilhamento de contas acabou por gerar muitos negócios paralelos em torno da plataforma, muitos deles com práticas ilegais para ganhos financeiros com o acesso compartilhado à plataforma da Netflix.

Há nas redes sociais grupos especializados na geração de usuários e senhas para se aproveitar do período grátis de 30 dias de acesso à plataforma da Netflix, com o uso de dados falsificados para uso próprio e até mesmo para ganhos financeiros sobre estas contas que são geradas aos milhares diariamente.

Dados de pessoas reais e dados bancários roubados da internet também estão sendo usados para a prática e revenda de compartilhamento de acesso à plataforma da Netflix, prática esta que ocorre em todo o mundo, motivo de crescente preocupação da Netflix com o compartilhamento de senha para acesso à sua plataforma.

A Netflix já estima que o prejuízo direta para a plataforma chegou neste ano de 2017 a mais de 3 bilhões de dólares com potencial de chegar a 20 bilhões de dólares em 2020.

Desta feita a Netflix já está tomando medidas para conter as práticas ilegais que estão ocorrendo nos Estados Unidos e em breve deve passar a tomar medidas severas contra o problema em todos os países em que está presente, podendo chegar até ao extremo de proibir totalmente o compartilhamento de acesso à sua plataforma.

Pagam os justos pelos pecadores, vamos aguardar o desenrolar desta história.