Netflix dá show de honestidade ao tratar seus clientes… Exemplo para operadoras

194

Hoje eu ouvi uma história sobre o tratamento que a Netflix dá aos seus clientes, história esta contado por um colega de trabalho que já é mais idoso, tem mais de 65 anos de idade, e que eu não poderia deixar de compartilhar com você.

O amigo fez uma conta na Netflix no e-mail do filho dele e passou a pagar com cartão de crédito, usaram a conta alguns meses e então o rapaz resolveu que não iria mais usar a conta e disse para o pai que tinha cancelado a Netflix, encerrado a conta.

Depois de uns dois meses de tanto ouvir falar que o conteúdo da Netflix era bom, que tinha alguns filmes que ele tinha interesse em assistir, o pai resolveu criar uma nova conta na Netflix.

Entrou no sistema, cadastrou o cartão, escolheu o plano de duas telas e quando já tinha finalizado tudo ficou em dúvida do motivo de haver mais de um plano com valores diferentes e resolveu ligar na Netflix para tirar as dúvidas.

Ele achava que os planos com valores mais baixos não teriam acesso a todo o conteúdo da Netflix, da mesma forma que ocorre com operadoras de tv por assinatura.

    Deixe agora seu nome e e-mail para receber de graça nossas notícias. 94 MIL PESSOAS já recebem. APROVEITE!!!
    Você deixou seu nome e e-mail? Chegou um e-mail lá na sua Caixa de Entrada pedindo para você confirmar, FAÇA ISTO AGORA ok?

Quando foi atendido pelo consultor da Netflix e foram conferir a conta dele, logo descobriram que a conta anterior feita no e-mail do filho dele, fato que ele nem tinha citado, estava ativa com o mesmo número de cartão de crédito e sendo cobrada sem usar.

Ele disse que sem nem falar nada ou reclamar do fato de o filho ter dito que a conta havia sido cancelada, o atendente da Netflix foi lhe informando que iria cancelar essa conta anterior e devolver os valores cobrados sem uso como crédito no cartão de crédito dele.

Assustado com tamanha honestidade e prestatividade do Call Center da Netflix, ele disse que questionou o atendente se aquilo não era uma brincadeira e se realmente eles iriam devolver o dinheiro por vontade própria.

Foi então que o atendente explicou que sim pois se tratava de uma empresa que cumpria as regras do mercado norte americano mesmo estando atuando no Brasil ou em qualquer outro mercado do mundo… E complementou: eu já trabalhei em outros call centers de empresas com regras somente para o mercado brasileiro e se fosse nessas empresas o senhor não iria receber esse dinheiro de volta é nunca.

Eu que o diga, aliás, regularmente umas certas empresas aí estão querendo que eu faça é pagar dinheiro além do que eu deveria pagar para elas.

Parabéns para a Netflix, que sirva de exemplo para o mercado brasileiro, tem que tratar os clientes com o máximo de honestidade possível.