Netflix bloquear usuários de VPN é um incentivo à pirataria online

155

Infelizmente o que temos visto ano a ano é a indústria do entretenimento digital dar tiros no pé em troca de tentar conter a pirataria de seus conteúdos de entretenimento convertidos em arquivos digitais.

Quando uma luz surge e a pirataria online começa a dar sinais que vai diminuir, aí em a indústria da diversão e arruma um jeito de elevar a pirataria novamente.

É o que se prevê que vai acontecer agora pois a Netflix está sendo obrigada pelos detentores de direitos autorais a bloquear o uso de VPN, uma maneira que os assinantes da Netflix em um país usam para simular que estão em um outro país e com isto acessar o conteúdo do catálogo do Netflix neste outro país.

Os brasileiros, por exemplo, usam muito os VPNs para acessar o conteúdo da Netflix dos Estados Unidos que tem centenas de filmes e séries que não fazem parte ainda do catálogo da Netflix aqui no Brasil.

O conteúdo oferecido pela Netflix em cada país é diferente pois é necessário um acordo entre a Netflix e o detentor dos direitos autorais daquele conteúdo oferecido na plataforma para que o conteúdo possa ser disponibilizado em cada local.

Como um mesmo filme ou série pode ser oferecido para canais de televisão diferentes além da Netflix, os estúdios querem proteger suas obras para oferece-las no tempo que melhor lhes convier em cada local.

    Deixe agora seu nome e e-mail para receber de graça nossas notícias. 94 MIL PESSOAS já recebem. APROVEITE!!!
    Você deixou seu nome e e-mail? Chegou um e-mail lá na sua Caixa de Entrada pedindo para você confirmar, FAÇA ISTO AGORA ok?

Acontece que estamos na era do mundo conectado e na era em que todo o conteúdo de entretenimento é digitalizado.

Desta forma, se um conteúdo da indústria do entretenimento é oferecido em um local do planeta logo todo o planeta fica sabendo da existência deste conteúdo e busca formas de ter acesso a este conteúdo.

Assinar a Netflix e usar VPN para acessar alguns destes conteúdos é uma das formas, não há uma legislação proibindo esta prática e, mesmo que ela se assemelhe a uma forma de pirataria, de alguma maneira os detentores dos direitos daquele conteúdo estão recebendo pela disponibilização dele.

Após o surgimento da Netflix, que alavancou o mercado de video on demand, o que ocorreu foi uma diminuição no compartilhamento de filmes e séries online de maneira pirata.

A explicação é simples, o valor mensal que se paga pelo uso da Netflix é baixo, a plataforma tem centenas de séries de sucesso e não é necessário passar horas e horas pesquisando e baixando conteúdo, muitas vezes com vídeo e áudio de baixa qualidade, ou em outro idioma, ou mesmo baixar o conteúdo errado e descobrir só depois que baixou, para poder assistir o que se quer.

Para aumentar as opções de conteúdo que se pode acessar na Netflix, os usuários começaram a usar as VPNs para navegar em catálogos de outros países, prática que tem crescido ao longo do tempo.

A Netflix foi obrigada a anunciar que vai bloquear de vez as VPNs, para onde você acha que os usuários vão migrar em busca do conteúdo que eles não conseguirão mais acessar?

Uma dica, começa com Pi e termina com rataria.