Compartilhar conta da Netflix vira negócio rentável na América Latina

149

O negócio de venda de acessos não oficiais à plataforma da Netflix está se profissionalizando cada vez mais.

Primeiro começou como um golpe, conforme já avisamos aqui no GPS.Pezquiza.com na matéria Cuidado com o GOLPE da NETFLIX.

Agora o negócio é um pouco mais sofisticado, aproveitanto que a Netflix liberou contas com vários usuários, é possível ter em uma mesma conta até 4 usuários assistindo conteúdos diferentes em aparelhos diferentes, está se popularizando cada vez mais o compartilhamento de contas de acesso ao Netflix.

Ou seja, um usuário assina o plano maior da Netflix, que permite acesso até a conteúdo Ultra HD e pode ser usada por até quatro usuários, conforme dissemos acima, este plano custa R$ 26,90 por mês, ou seja, R$ 6,73 por acesso.

Este preço acima é o preço oficial, mas o que está acontecendo é que através de redes sociais e sites de leilões e classificados, é possível encontrar em toda a América Latina alguns clubes de acesso à Netflix onde é possível se associar e ter acesso à Netflix por um valor bem inferior a este.

    Deixe agora seu nome e e-mail para receber de graça nossas notícias. 94 MIL PESSOAS já recebem. APROVEITE!!!
    Você deixou seu nome e e-mail? Chegou um e-mail lá na sua Caixa de Entrada pedindo para você confirmar, FAÇA ISTO AGORA ok?

Por exemplo, a Argentina já tem um grande clube de acesso à Netflix chamado de Clubflix que dá direito ao associado de ter até dois acessos simultâneos pagando apenas 1 dólar mensal.

Esse mesmo tipo de clube já é comum no México e na Colômbia, que chegam a cobrar poucos centavos por acesso mensal ao Netflix.

Outra “vantagem” para os associados destes clubes é que eles aceitas diferentes formas de pagamento que atualmente a Netflix não aceita.

No entanto, se os valores praticados pelos clubes são bem menores que os praticados pela Netflix é por que sem dúvida algum esquema está sendo usado para se manter estas contas ativas, desde aproveitar a brecha de se ganhar um mês grátis para novos usuários a até abrir contas com dados roubados de pessoas que nem sabem que estão se tornando assinantes da Netflix.

Há também gente que está se associando para compartilhar suas contas sem nenhum tipo de esquema golpista, simplesmente procuram quem queira dividir os custos de se ter uma conta na Netflix, cada um que usa paga o valor da sua cota para o usuário que criou a conta na Netflix.

A Netflix não está combatendo este tipo de compartilhamento e por incrível que pareça até deu uma declaração recente de que acha bom que as pessoas compartilhem contas da Netflix pois assim a plataforma se populariza mais.