É POR ISTO QUE A TV POR ASSINATURA CUSTA TÃO CARO NO BRASIL

6365

Há tempos que eu quero postar aqui no GPS.Pezquiza.com esta junção de informações que está disponível para todos os brasileiros mas que infelizmente está envolta em um nevoeiro de dificuldade de raciocínio implantada na cabeça de todos nós pelo péssimo sistema de educação a que estamos submetidos aqui no Brasil onde se estuda de tudo o que não é necessário para exercer a nossa cidadania, nas escolas, por imposição do Ministério da Educação, nós e os nosso filhos somos obrigados a estudar e ficar alienados para o que interessa para o governo, mas sobre os nosso direitos e sobre o que somos obrigados a pagar todos os dias para manter essa máquina escravizadora chamada Brasil não interessa aos “intelectuais” que impõem as bases do ensino formal que nós estudemos.

Então meu amigo, não quero negar que o que as operadoras de tv por assinatura cobram por assinatura de um pacote de canais fechados é muito caro, mas esse preço seria muito menos amargo para todos nós cidadãos brasileiros se não estivessemos todos submetidos à escravidão que ocorre no Brasil desde muito tempo, para que você entenda melhor eu peço que você tenha paciência para assistir sem preconceito todo o vídeo do empresário brasileiro Flavio Augusto, que atualmente é o mentor e dono do time de futebol Orlando City.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CANAL

Neste vídeo ele descorre uma análise do recolhimento de impostos que o trabalhador comum, o assalariado, está submetido aqui no Brasil e que inviabiliza totalmente a nossa liberdade de poder escolher o mínimo necessário para ter uma vida decente e torna tudo o que queremos adquirir muito mais caro do que a coisa realmente é.

Mais uma vez o que eu espero para todos nós brasileiros é que tenhamos uma vida mais justa e que você em especial atinja os seus melhores objetivos confiando na sua força, no seu trabalho, e buscando pensar da uma forma que te liberte do senso comum e te mostre o caminho certo que você precisa para vencer.

Assista ao vídeo abaixo e reflita.