Comprou iPhone 6S no site das Casas Bahia e recebeu tijolo no lugar

545

Vejam só esta história que aconteceu com uma psicóloga de São José do Rio Preto-SP, ela adquiriu um iPhone 6S através do site das Casas Bahia, pagando quase R$ 4mil pelo produto mas na hora em que recebeu a caixa da encomenda, notou que havia algo muito esquisito.

A psicóloga Talyta, que mora em apartamento, contou em reportagem para a imprensa da cidade onde mora, que não estava em casa quando a encomenda chegou e por isto ela foi recebida pelo porteiro que lhe repassou a encomenda da maneira que foi lacrada pela loja.

Ela disse que achou muito estranho o peso da caixa e resolveu filmar enquanto fosse abrir a encomenda, para mostrar que se algo estranho tivesse vindo ao invés do iPhone que ela adquiriu, que a troca havia sido feita pela loja.

E ela estava certa, ao abrir a encomenda o que havia dentro da caixa era um tijolo.

    COLOQUE seu nome e e-mail abaixo para receber nossas notícias. +100 MIL PESSOAS já cadastradas!!!
    CHEQUE AGORA SUA CAIXA DE ENTRADA para ativar a inscrição no e-mail de confirmação que foi enviado para você

A filmagem foi usada para abrir uma queixa contra a loja Casas Bahia que se pronunciou sobre o assunto, e claro, vai ressarcir os danos sofridos pela cliente.

A Casas Bahia alega que apesar de a psicóloga ter adquirido o iPhone através do site da loja, a venda na realidade foi feita através da modalidade MarketPlace, em que as Casas Bahia oferecem o sistema de vendas do seu site para lojas parceiras venderem e entregarem seus produtos.

Segundo as Casas Bahia, antes de poderem vender através de seu site, as lojas parceiras passam por um rigoroso processo de checagem em que são verificadas a idoneidade da empresa, a quantidade de reclamações junto aos órgãos de defesa do consumidor, rapidez na entrega entre outros itens.

A loja que vendeu o iPhone à psicóloga Talyta havia passado por esta checagem e era uma loja tida como de confiança pelas Casas Bahia, que no momento em que foi notificada do golpe da troca do iPhone pelo tijolo, descredenciou a loja imediatamente.

Acredito que grande parte dos consumidores online que compram de grandes lojas do varejo, como a Casas Bahia, ainda não percebeu que ao fechar uma compra por estes sites nem sempre está comprando diretamente da loja que acessou e sim de uma loja parceira indicada por esta grande loja do varejo.

Abram o olho meu amigo, hoje em dia não está dando para confiar em nada.