PLATAFORMAS DE TV ONLINE TERÃO cada vez MAIS PROPAGANDA

995

Um estudo realizado no Reino Unido mostra que os anunciantes estão ávidos por colocar suas peças publicitárias nas plataformas de tv online e os mercados que devem disponibilizar mais rapidamente este espaço para a publicidade é o dos mercados emergentes.

Isto significa que a propaganda em vídeo deve migrar com mais rapidez da tv convencional (tv linear) e buscar cada vez mais espaço no conteúdo de vídeo colocado na internet, um dos grandes fatores que devem minar com mais rapidez a força das plataformas não conectadas.

Um fator que é bastante interessante neste caso é que os anunciantes é que estão buscando as plataformas de tv online para inserir os seus anúncios, ou seja, as plataformas não estão precisando fazer grande esforço para conseguir anunciantes em seus conteúdos, bem como são os anunciantes que estão propondo novos formatos para esta publicidade online inserida nos conteúdos em vídeo.

    Deixe agora seu nome e e-mail para receber de graça nossas notícias. 94 MIL PESSOAS já recebem. APROVEITE!!!
    Você deixou seu nome e e-mail? Chegou um e-mail lá na sua Caixa de Entrada pedindo para você confirmar, FAÇA ISTO AGORA ok?

Vale dizer que a internet permite uma maior ousadia bem como um maior controle daquilo o que efetivamente está trazendo o retorno esperado pelo anunciante o que ao longo do tempo anima este anunciante a investir mais em publicidade online.

Para os produtores de conteúdo e plataformas de conteúdo digital online que já conseguiram se adequar ao que querem os anunciantes esta tendência só tem a acrescentar pois em diversas dessas plataformas além da renda com os anunciantes os produtores de conteúdo também recebem um valor mensal de assinatura dos espectadores.

O Brasil já conta com diversas plataformas de conteúdo de tv de grandes emissoras que atuam por aqui e tenho visto que a prática de inserir anúncios está aumentando a cada dia.

Resta ao espectador se acostumar mais e mais com esta tendência de além de pagar para ver o conteúdo também ter que assistir a cada vez mais anúncios, modelo de negócio que é bastante similar ao praticado na tv offline não é mesmo?