Por que a Globo descobriu que programa ao vivo faz bem pra tosse?

115

Alguns dias atrás um leitor me enviou um link falando sobre os motivos de a Globo ter resolvido inserir mais e mais programas ao vivo em sua programação, em detrimento de conteúdos pré gravados.

A quase totalidade da programação ao vivo da Globo é de cunho jornalístico.

A Globo vem perdendo dia a dia audiência em seus programas gravados, mais precisamente em conteúdos que ela domina bem e sobre os quais não há muito o que se fazer para recuperar a audiência perdida, não há mais fórmula mágica para recuperar audiência para novelas e humorísticos, por exemplo, se emplacou, emplacou, se não emplacou a emissora segue amargando prejuízos enormes.

O tal Padrão Globo de Qualidade custa caro e já não dá tanto retorno à emissora quanto antes.

A mudança de perfil do público de televisão, que agora tem acesso a novas maneiras de consumir conteúdo e a produção de conteúdos mais popularescos pelas emissoras concorrentes, pressionou ainda mais a audiência da Globo.

Para tentar conter essa fuga de audiência, a Globo vem fazendo modificações em conta gotas em sua programação matutina, tirou os programas infantis que não podem mais faturar com marketing e publicidade de brinquedos na tv aberta, por conta da legislação, e vem diversificando os programas matutinos para segurar o interesse do público.

    Deixe agora seu nome e e-mail para receber de graça nossas notícias. 94 MIL PESSOAS já recebem. APROVEITE!!!
    Você deixou seu nome e e-mail? Chegou um e-mail lá na sua Caixa de Entrada pedindo para você confirmar, FAÇA ISTO AGORA ok?

Programas de cunho mais social e com público muito específico, como o Telecurso e Globo Rural também perderam a vez na emissora durante a semana. O Telecurso migrou para a internet e o Globo Rural continua apenas aos finais de semana.

Este ano a Globo resolveu radicalizar pois tem conseguido bons índices de audiência em seus programas ao vivo, e ainda há mais um grande benefício que a Globo está conseguindo extrair de sua programação ao vivo: o poder de controlar a audiência.

Isto mesmo, a Globo agora está trabalhando da mesma maneira que a concorrência, em seus programas ao vivo ela está o tempo todo de olho no Ibope e muda o conteúdo dos seus programas ao vivo em tempo real para não deixar o índice cair ou até mesmo tentar subir o seu índice de audiência.

Como a emissora tem grande experiência na programa jornalística, não só pela Globo mas também por seus canais Globosat e afiliadas, ela tem uma grande quantidade de conteúdos de diversas áreas e diversos níveis para oferecer em tempo real aos seus telespectadores.

O resultado é que a emissora apela para os conteúdos sensacionalistas quando a audiência está escapando e nos horários em que a concorrência tem seus melhores índices.

A estratégia da emissora neste ano é de programação ao vivo das 5 da manhã até às 15h, mas ainda há os jornais noturnos e à meia noite, ao vivo.

E do jeito que as novelas da emissora estão com baixa audiência, não vai ser de se estranhar se daqui uns dias elas também se tornem ao vivo.