Nagra 4 no StarOne C4: Afinal ele vem ou não vem?

98

Agora que a Claro TV migrou diversos canais para o satélite StarOne C4 e acrescentou novos canais a algumas TPs do C4, colocando tudo em Nagra 3, a mesma codificação que estava usando no StarOne C2, o fantasma do Nagra 4 voltou a rondar a cabeça de quem usa receptro de satélite pirata, já recebi uma dezena de e-mails aqui no GPS.Pezquiza.com perguntando sobre quando será ativado o Nagra 4 na Claro TV, se é preciso comprar outro receptor e coisas do tipo.

Eu mesmo aqui no GPS.Pezquiza.com já falei algumas vezes sobre codificação Nagra 4, Nagra 3… mas já se vão belos dois anos desde que se começou a falar no tal Nagra 4.

Na época que começaram os famosos apagões dos canais HD no StarOne C2 eu tive bastante trabalho até trazer a tona aqui no GPS.Pezquiza.com que o motivo eram testes de uma nova codificação para os canais HD que a Claro TV estava fazendo no StarOne C2, com a intenção de levar a tal codificação para o StarOne C4.

Estes teste no entanto não foram com a tal codificação Nagra 4, como o GPS.Pezquiza.com também revelou na época.

Hoje eu passei o dia todo correndo atrás dessa informação sobre Nagra 4, na realidade eu queria relembrar de onde é que todos nós, sites que falamos sobre o tal Nagra 4, conseguimos a informação de que o tal Nagra 4 realmente existe.

O que, por enquanto, eu descobri, é muito interessante e esclarecedor sobre o assunto.

Só pra começar o tal do Nagra 4 não existe e nem nunca existiu, foi um mito colocado no mercado pelos engenheiros que fazem engenharia reversa nas criptografias da Nagravision para alimentar os receptores que abrem o sinal das operadoras de tv por assinatura através dos sistemas de SKS, IKS e outros.

– Hein, como assim??? Você deve estar pensando.

É simples, na Nagravision, empresa que desenvolve sistemas de criptografia usados por diversas operadoras de tv por assinatura em todo o mundo, e outras empresas de mídia digital, nunca usou as nomenclatura Nagra 4 por que ela para essa nomenclatura em Nagra 3 e então usou variáveis deste nome para denominar versões mais fortes do Nagra 3.

Entre as diversas operadoras de tv por assinatura que usam criptografia Nagra no mundo, não há declaradamente nenhuma que use a tal criptografia Nagra 4, elas usam versões da criptografia Nagra 3.

Alguns exemplos:

    Deixe agora seu nome e e-mail para receber de graça nossas notícias. 94 MIL PESSOAS já recebem. APROVEITE!!!
    Você deixou seu nome e e-mail? Chegou um e-mail lá na sua Caixa de Entrada pedindo para você confirmar, FAÇA ISTO AGORA ok?

– CanalSat (Alemanha-França) (Nagravision Media Access *NEW TYPE* [Basically Updated Nagra 3 “Merlin”])
– Numericable (Belgica, França, Luxemburgo) (Nagravision 3 “Merlin”).
– Tivù Sat, Mediaset Premium e Pangea platform (Nagravision 3 “Tiger”).

E por aí vai com dezenas de outras operadoras em Nagra 3, e outras muitas usando ainda Nagra 2.

Como vocês podem ver no exemplo acima parece que a versão mais forte do Nagra 3 é denominada de Merlin, e dentro destas versões há a possibilidade de se ativar chaves de criptografia com maior força em bits, para dificultar o trabalho de quebrar a chave de criptografia a tempo de ela poder ser usada via SKS, IKS ou qualquer outro sistema do tipo.

E por que algumas operadoras usam uma versão mais forte e outras usam uma versão mais fraco do Nagra 3?

Por que tem que pagar usar a versão mais forte e a licença para usar ela encarece o custo de operação por cada cliente, e parece que a Claro TV não está disposta e incorporar esse custo que seria adotar uma versão mais forte da criptografia Nagra 3.

Do ponto de vista do equipamento seria o satélite o que teria mais implicação para o uso, até mesmo por questões de espaço de transmissão nos transponders, mas a Claro TV está com espaço sobrando no StarOne C4 e isto não seria problema para ela.

Em alguns fóruns que compartilham esforços para a quebra de chaves de criptografia Nagra, a conversa sobre o tal Nagra 4 foi abandonada pois não há Nagra 4 para se trabalhar em cima.

E mesmo sobre a versão mais forte da criptografia Nagra 3 o que se sabe é que ela pode sim, ser aberta, mas nem sempre pode ser usada à tempo pelo usuário final de sistemas piratas pois uma nova chave já teria sido gerada pela operadora antes que o usuário pudesse usar a chave anterior enviada pelo servidor pirata.

Isto significa freezes e congelamentos nos canais que se está tentando piratear, e isto o cliente de receptor de tv pirata não aceita.

Mas a não existência de uma criptografia Nagra 4 não significa que a Nagra já não tenha uma criptografia bem mais atualizada que a Nagra 3 e suas versões mais fortes.

Sim, ela já tem esta criptografia e esta nova criptografia torna obsoleto sim todos os atuais receptores de tv via satélite, inclusive das operadoras de tv por assinatura.

Mas isto é assunto para uma matéria que estará aqui no GPS.Pezquiza.com amanhã, quem sabe até um vídeo no canal GPSPezquizaOficial, não perca.