TV DIGITAL TERRESTRE É OPORTUNIDADE PARA CRIAÇÃO DE EMISSORAS SEM AUTORIZAÇÃO GOVERNAMENTAL

957

Apesar de alguns conviverem com o sinal da tv digital terrestre aqui no Brasil já há alguns anos, nós podemos afirmar com toda certeza que a tecnologia e as variações de uso possíveis da TDT ainda estão no estágio de infância aqui no Brasil, em várias regiões do país o sinal digital terrestre ainda nem chegou e ainda vai demorar a chegar.

Volta e meia eu recebo mensagens e questionamentos sobre elementos que podem interferir no sinal da tv digital terrestre, preocupação dos espectadores que tem à disposição duas ou três emissoras que realmente irão assitir. A realidade é que os riscos maiores para a não captação do sinal digital terrestre aqui no Brasil é morar em áreas de sombra de sinal, sendo que são poucas as regiões metropolitanas que realmente tem alguma outra fonte de interferência sobre o sinal digital terrestre, como as frequências LTE, por exemplo.

Todo mundo já sabe o que vai encontrar no sinal da tv digital terrestre aqui no Brasil: Globo, SBT, Record, Band, Rede TV!… alguns canais religiosos, alguns regionais.

Agora já imaginou ligar a TV e de uma hora para outra começar a captar programação adulta, canais com previsões e vidências, canais com programação política, de notícia produzido sem todo o aparato das grandes emissoras, de publicidade regional, de torcidas organizadas, de cunho cultural, de solicitação de ajuda, de piadas… Enfim, um verdadeiro estilo Youtube através do sinal da TV Digital Terrestre.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CANAL

Esta realidade já existe em algumas regiões da Europa onde estão aumentando a cada dia as denúncias contra emissoras de televisão digital terrestre com todo tipo de programação alternativa ocupando frequências TDT de forma ilegal, ou seja, sem a permissão dos orgãos competentes para tal.

Isto ocorre pela facilidade de se produzir conteúdo de forma digital e principalmente pela facilidade de se montar uma transmissora de sinal nas frequências da tv digital terrestre, principalmente na Europa onde há facilidade de se adquirir os equipamentos necessários para tal atividade.

Uma das regiões que se vê mais afetada pelo problema é Andalucia, na Espanha, que já contabiliza 121 canais de tv digital terrestre que transmitem sem autorização governamental. No momento 83% destes canais tem conteúdo de vidência ou são sobre serviços de chat e 11 são canais com conteúdo pessoais, ou seja, são canais de vlogueiros da tv digital terrestre.

Em média 48% da programação destes canais é publicitária, excetuando-se os canais religiosos que reservam entre 10% a 20% de sua programação para publicidade.

O problema, segundo as autoridades de Andalucia, já vem acontecendo por anos já que a prática é difícil de ser combatida, a criação deste tipo de emissora de tv clandestina já está tão organizada por lá que as próprias emissoras já se adequaram a algumas regras de boa conduta como só passar programação adulta durante as madrugadas, fato que também vem ocorrendo com canais de vidência, na intenção de proteger as crianças de serem submetidas a este tipo de conteúdo.

Os produtores de conteúdo brasileiros ainda não se atentaram para este tipo de “oportunidade”, mas se a moda chega por aqui ao ligar a televisão seremos invadidos por muito mais canais religiosos, canais de funk, canais dos sindicatos, canais do feirão do carro… Diga aí, quais canais você acha que criariam clandestinamente para transmitir em TV Digital Terrestre?