Esse receptor posso usar com antena grande e com antena pequena?

363

Essa semana eu recebi esta pergunta duas vezes por conta dos vídeos que tenho colocado no canal GPSPezquizaOficial no Youtube e acredito que seja por que os vendedores de parabólica usem nos seus métodos de venda a informação de que o receptor é para “antena grande” na hora de vender o que por fim acaba confundindo o cliente.

Acontece que ainda hoje a antena grande, ou melhor dizendo, a antena telada, ainda segue sendo um produto muito vendido em parceria com o receptor de satélite analógico.

Se você também tem tal dúvida, a melhor maneira de entender a questão sem precisar entrar em questões mais técnicas, é que, tal como acontece com a transmissão das rádios aqui no Brasil, AM e FM, a transmissão de TV via satélite também usa duas faixas de frequência distintas, a faixas C e KU, mais conhecidas como Banda C e Banda KU.

No entanto, diferente do rádio aqui no Brasil, que ainda tem transmissão somente analógica, a transmissão de tv via satélite aqui no Brasil tem canais sendo transmitidos em tecnologia analógica e também na digital.

A diferença entre as duas é fácil de entender, é a mesma diferença que há entre a captação da tv analógica das antigas tvs de tubo e a atual TV Digital Terrestre, sendo que na TV analógica via satélite, se o instalador fizer a instalação da antena e do receptor direitinho você terá uma imagem livre de fantasmas, chuviscos e outras interferências indesejáveis.

Já a qualidade da TV Digital é sempre ter uma imagem limpa ou quadricular a imagem quando a instalação está mal feita.

Mas onde é que entra o tamanho da antena ser grande ou ser pequena?

Primeira, para que entenda melhor o tamanho da antena, antena grande é aquela antena de telas com diametro normalmente entre 1,5m e 2m que geralmente se vê em cima das casas ou no quintal das pessoas. A antena pequena é aquela antena que as operadoras de tv por assinatura instalam na casa dos seus assinantes mas que também pode ser comprada por quem precisar de uma.

    Deixe agora seu nome e e-mail para receber de graça nossas notícias. 94 MIL PESSOAS já recebem. APROVEITE!!!
    Você deixou seu nome e e-mail? Chegou um e-mail lá na sua Caixa de Entrada pedindo para você confirmar, FAÇA ISTO AGORA ok?

As faixas de frequência de transmissão de tv via satélite, Banda C e Banda KU, necessitam de antenas parabólicas de tamanhos diferentes para funcionarem com a qualidade necessária para que os canais captados possam ser assistidos com qualidade.

A Banda C é a faixa de frequência para quem quer captar a tv via satélite tanto analógica quanto digital.

Quando você vai na loja e lá tem um receptor que só pode ser usado com a antena grande, este receptor é para a tecnologia de tv via satélite analógica, e portanto só funciona na Banda C analógica.

Já no caso do receptor que pode ser usado tanto com antena grande quanto com antena pequena, este receptor é para tv via satélite digital. Se o receptor é digital ele vai captar tanto a faixa de frequência da Banda C digital quanto a frequência da Banda KU digital.

A faixa de frequência da Banda C digital é captada também com uma antena grande pois a antena pequena não consegue captar o sinal da Banda C com qualidade suficiente para que você consiga assistir aos canais transmitidos pelo satélite em Banda C com qualidade.

A faixa de frequência da Banda KU digital pode ser captada tanto na antena grande quanto na antena pequena com boa qualidade.

Eu não conheço nenhum receptor de satélite digital, excetuando os das operadoras de tv por assinatura, que capte só Banda C ou só Banda KU, ou seja, que só trabalhe com antena pequena ou só trabalhe com antena grande.

Como eu disse na frase acima, os receptores de satélite das operadoras de tv por assinatura só captam Banda KU, já houve excessão a esta regra, mas eles também não podem ser comercializados como receptor de satélite para o cliente final, eles são na realidade decodificadores de sinal da operadora de tv, ou seja, eles só trabalham com o satélite da operadora e com os canais daquela operadora.

O receptor de satélite comercial na sua essência pode ser configurado pelo usuário para captar o sinal de qualquer satélite que transmita com a mesma tecnologia em que ele trabalha.